Diretor de "Friends" responde crítica por falta de diversidade em especial

·1 minuto de leitura
Elenco de Friends em reunião no HBO MAX (Reprodução)
Elenco de Friends em reunião no HBO MAX: De pé, da esquerda para a direita: Matthew Perry, Matt LeBlanc e David Schwimme. Sentadas: Courteney Cox, Jennifer Aniston e Lisa Kudrow (Reprodução)

Resumo da notícia:

  • Ben Winston, diretor do reencontro de "Friends", respondeu a crítica que recebeu pela falta de diversidade no episódio

  • Segundo ele, "nem todos os atores negros" que apareceram na série estavam livres para gravar

  • Aparentemente irritado, ele rebateu: “O elenco é o elenco. Foi formado em 1994”

Ben Winston, diretor do reencontro de "Friends" no HBO Max, rebateu a crítica que recebeu pela falta de diversidade no episódio em entrevista ao The Times.

“Tivemos Malala, Mindy Kaling, BTS. Há três mulheres de Gana, dois rapazes do Quênia, três crianças da Índia”, lembrou o diretor de 39 anos.

Leia também:

“O que mais de diversidade eles querem? O elenco é o elenco. Foi formado em 1994”, continuou. “Estou muito satisfeito com o show que conseguimos montar."

Questionado sobre a falta de negros no episódio - uma queixa histórica dos fãs - o diretor afirmou apenas que "nem todos puderam participar".

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Um problema antigo (e admitido pelo elenco)

A reclamação contra o elenco inteiramente branco de Friends existe desde os anos 1990. O problema gerou até uma paródia de Jay-Z no videoclipe da música Moonlight’, lançado em 2017.

Em entrevista recente, Lisa Kudrow, intérprete de Phoebe, admitiu que a série provavelmente teria grandes mudanças, caso fosse filmada hoje. "Não seria um elenco todo branco, é óbvio", falou ao Sunday Times.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.