Diretor revela que barrou participação de Taylor Swift na saga "Crepúsculo”

Taylor Swift no tapete vermelho do BRIT Awards 2021 na The O2 Arena em maio de 2021 em Londres, Inglaterra. Ao lado, Robert Pattinson, Taylor Lautner e Kristen Stewart no pôster oficial de
Taylor Swift no tapete vermelho do BRIT Awards 2021 na The O2 Arena em maio de 2021 em Londres, Inglaterra. Ao lado, Robert Pattinson, Taylor Lautner e Kristen Stewart no pôster oficial de "Lua Nova", segundo filme da Saga Crepúsculo". (Foto: Dave J Hogan/Getty Images/Divulgação/Paris Filmes)

O diretor Chris Weitz, responsável por “Lua Nova”, revelou que a cantora Taylor Swift quase esteve no elenco do segundo filme da “Saga Crepúsculo”. Em participação no podcast “The Twilight Effect”, apresentado por Ashley Greene, que interpretou a vampira Alice Cullen no longa, e Melanie Howe, o cineasta explicou a decisão de barrar a presença da artista no longa.

Na época, Swift vivia um relacionamento com o ator Taylor Lautner, que deu vida ao lobisomem Jacob Black na história, e se juntou à lista extensa de celebridades que tentaram uma pontinha em um dos cinco filmes da franquia.

“A mais louca de todas foi ouvir que Taylor Swift era uma grande Twi-hard, e na verdade Taylor e eu tínhamos o mesmo agente na época e ele disse: ‘Taylor gostaria de estar neste filme’”, revelou Weitz.

Ele recusou a ideia, mas garante que foi pelo bem da saga: “A coisa mais difícil para mim foi pensar que, no momento em que Taylor Swift entra na tela, por cerca de cinco minutos, ninguém vai conseguir prestar atenção em nada”.

“Eu me culpo por isso também, porque eu estava tipo, ‘Uau, eu poderia estar saindo com Taylor Swift. Nós poderíamos ter sido amigos’”, brincou.

A cantora Taylor Swift realmente não chegou a contracenar com Taylor Lautner em “Lua Nova”, com quem namorou na época, mas viveram um casal no romance “Idas e Vindas do Amor”, de 2010. O relacionamento não foi para frente, no entanto, a artista escreveu a canção “Back to December” para o astro, um dos grandes hits de sua carreira.

Esse não foi o único trabalho de Swift como atriz. Ela também dublou a animação "O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida" (2012), "O Doador de Memórias" (2014), "Cats" (2019) e este ano retorna às telonas no filme "Amsterdam".