Diretor apaga cenas com Kevin Spacey de seu filme já finalizado e chama outro ator para regravar

Spacey sob pesada maquiagem em cena de ‘All The Money In The World’. (Imagem: divulgação STX)

O diretor Ridley Scott (‘Gladiador’, ‘Blade Runner’, entre outros) tomou uma decisão drástica com relação a seu próximo filme, ‘All The Money In The World’, no qual Kevin Spacey fazia o papel do milionário Jean Paul Getty. O cineasta irá jogar fora todas as cenas em que o ator aparece, para grava-las novamente com Christopher Plummer no lugar.

A ideia é que isto seja feito o mais rápido possível, de forma a não perder a data de estreia nos Estados Unidos, marcada para 22 de dezembro.

O filme conta a história real do sequestro do neto de Getty (interpretado por Mark Wahlberg), por quem o magnata do petróleo resistiu a pagar o resgate pedido pelos criminosos. Para ficar mais parecido com a figura real, Spacey usou próteses no rosto e muita maquiagem.

A atitude de Scott é mais uma demonstração de que a carreira do vencedor do Oscar por ‘Os Suspeitos’ e ‘Beleza Americana’ está seriamente ameaçada, após as diversas denúncias de abuso sexual que surgiram contra ele nas últimas semanas. A Netflix demitiu o ator de ‘House of Cards’, e ele deu entrada numa clínica de reabilitação para tratar de seu vício em sexo.