Dieta de Vanessa Lopes ajuda a controlar ansiedade, melhora o sono e seca gordura

Vanessa Lopes (Foto: Sérgio Mota)
Vanessa Lopes (Foto: Sérgio Mota)

A primeira vez em que Vanessa Lopes entrou no consultório do nutrólogo Alexandre Carli, aos 15 anos, queria amenizar os sintomas da TPM, controlar a ansiedade e entender o que comer e quais suplementos tomar para potencializar o resultado do treino e ganhar mais massa magra. Hoje, aos 21, embora os objetivos sejam basicamente os mesmos, o contexto é bem diferente. Afinal, ela se tornou uma das maiores influenciadoras do Brasil graças ao sucesso dos vídeos de dança que publica nas redes sociais.

"Como acontece com qualquer pessoa nessa posição, a rotina de Vanessa ficou muito corrida. Fora a agenda atribulada, há a autocobrança, a pressão externa, entre outros fatores que prejudicam a saúde mental e a qualidade de vida no geral", diz o especialista. "Então, nessa retomada, estamos priorizando questões como o sono e o funcionamento do intestino, que atua na produção de serotonina, neurotransmissor associado ao bem-estar. Assim, ela se sentirá menos ansiosa e estressada e terá mais disposição e foco no dia a dia", completa.

Para isso, Vanessa, que também deseja eliminar 2 ou 3 kg de gordura, terá que diminuir o consumo de doces e outros alimentos refinados/processados e maneirar na ingestão de bebidas alcoólicas. Por outro lado, proteínas e fontes de carboidrato que oferecem maior teor de fibras receberão espaço no prato. "Na suplementação, recomendei creatina, lactobacilos e melatonina, além de um mix de vitaminas e minerais que favorecem a pele e o cabelo", destaca Alexandre.

É importante frisar que tudo isso faz parte de uma estratégia individualizada, baseada em testes e exames aos quais a influencer foi submetida. Ou seja, o ideal é que qualquer empreitada do tipo seja elaborada e acompanhada de perto por um profissional. "Da mesma forma que no trabalho, que já envolve um alto gasto calórico, Vanessa é muito comprometida, disciplinada. Tenho certeza de que logo notarão os efeitos dessas mudanças", conclui o nutrólogo.