Diego Cruz avalia sucesso no TikTok com clichês românticos: "Alegria e prazer imensos"

·4 minuto de leitura
Diego Cruz faz sucesso com clichês adolescentes nas redes sociais. Foto: Reprodução/Instagram @diegocruz_
Diego Cruz faz sucesso com clichês adolescentes nas redes sociais. Foto: Reprodução/Instagram @diegocruz_

Durante a pandemia de coronavírus, surgiu no TikTok uma nova geração de criadores de conteúdos que traz humor, drama, romance e muito mais para os internautas. O ator, cantor e compositor Diego Cruz, de 27 anos, faz parte dessa turma, e ele conversou com o Yahoo! sobre o sucesso que alcançou na rede social.

Com 2,7 milhões de seguidores e quase 90 milhões de curtidas, nem parece que Diego começou a produzir vídeos para a plataforma há apenas 9 meses. "É uma loucura!", opina o ator sobre o sucesso imediato de seu conteúdo. 

Leia também

E o segredo para isso parece ser o tipo de narrativa adotada por Diego na hora de produzir seus vídeos. Acontece que o ator notou a repercussão de um vídeo sobre filmes que fizeram sucesso entre os jovens lá pelos anos 2000 e passou a criar personagens, relacionamentos e até cidades para ambientar suas histórias.

"Comecei fazendo coisas mais gerais, sobre o dia a dia, inspiradas na minha mãe e nos meus amigos. Mas sempre fui muito nostálgico, sempre vi muito filme e já fazia um tempo que eu tentava encaixar esse tipo de conteúdo de alguma maneira", revela.

Agora, o carro-chefe do conteúdo do jovem são vídeos que apresentam uma vibe de romance jovem-adulto, que ele define como "clichês". "No início, era muito focado em anos 2000, mas hoje faço cenas clichês independente da época. E acabei ficando conhecido como 'o menino dos anos 2000'". 

O resultado é o sucesso estrondoso entre pessoas de todas as idades, que sempre dão feedbacks e mandam mensagens carinhosas para o ator. E esse retorno deixa Diego satisfeito com o trabalho que faz: "É uma alegria, porque é o que eu gosto de fazer", diz.

Para ele, fazer da criação de conteúdo seu ganha pão foi um risco calculado, já que os teatros estavam fechados e ele não conseguia trabalhos como ator durante a pandemia. "Não conseguimos fazer peças e 'aprontar' fora de casa, então fazer o que eu gosto, dentro de casa e ainda conseguir me sustentar com isso é um prazer imenso."

A cidade de Cornville e personagens cativos 

Quem nunca viu nas telas a história da menina do interior que vai morar em outra cidade e passa a ser atormentada pelo grupo popular da escola por ter chamado atenção do garoto mais popular? São histórias assim, ambientadas na cidade fictícia de Cornville, com os personagens Josh, Tracy, Madson Morgan, entre outros, que Diego nos conta.

Tracy foi a primeira a ganhar vida na narrativa. "Pensei: 'Que nome norte-americano, sempre aparece. Todo mundo já viu uma Tracy em algum filme'. Assim como Josh, que é um clássico. E Madson, Jake, são nomes que remetem a filmes adolescentes americanos". 

Cada personagem tem suas características únicas, sua personalidade e, claro, sua aparência física, detalhes que Diego cuidou para serem reconhecidos pelos internautas. 

Tudo isso surgiu de detalhes presentes em outros filmes, elementos comuns de histórias que muita gente já assistiu. E apesar da sensação de "já vi isso antes", a verdade é que nunca fica velho ou perde a graça e emoção.

Inspiração e dicas 

Fica claro para quem assiste os vídeos de Diego que os longas adolescentes são sua maior inspiração. O criador de conteúdos diz que sempre gostou desse tipo de filme, por isso busca trazer histórias que as pessoas reconheçam.

"Eu costumo rever alguns filmes específicos que sei que posso encontrar cenas interessantes, anoto no bloco de notas e deixo lá. Depois eu reviso e começo a transformar aquilo em um roteiro, pensando em como posso dar sentido àquilo em 20 segundos, e deixo separado para entrar na fila de gravação."

Gravação essa que é feita por ele mesmo, assim como o roteiro, produção e edição dos vídeos. "Minha namorada me ajuda às vezes, mas eu faço quase tudo sozinho", conta.

E para quem quer começar a investir na produção de conteúdo para internet, Diego já avisa que fazer sozinho não é impedimento, apesar de demandar tempo e dedicação. Mas ele deixa outra dica:

"Escolha algo que você realmente goste de fazer. Faça algo em que você acredite, entregue verdade com seu conteúdo, porque as pessoas só vão se identificar se você se identificar primeiro e acreditar. Não vá fazer algo que não vai te dar prazer de gravar, porque é trabalhoso, é um caminho longo, então tem que ter prazer e amor pelo que está fazendo", diz.

E acrescenta: "Eu prezo muito pela qualidade, então se você quer fazer um conteúdo, faça o melhor que puder. Para isso não é preciso comprar as melhores luzes, as melhores câmeras, mas tenha o maior capricho com o que for possível". 

Agora, se quiser conferir essas e outras dicas, e assistir o papo completo com Diego Cruz, veja o vídeo abaixo: 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos