Dicas para manter a saúde física e mental na quarentena

Com o avanço da pandemia do coronavírus, outras preocupações surgem para quem está em casa de quarentena ou em isolamento social: como manter a saúde física e mental neste período? De acordo com as recomendações da OMS e de especialistas, separamos algumas dicas que podem te ajudar.

Tudo que é novo pode gerar angústia e ansiedade. Então, filtre as notícias e acesse apenas fontes confiáveis para se informar. Procure ler coisas positivas e espalhar mensagens boas. Use as redes sociais com moderação e responsabilidade.

Crie uma rotina dentro de casa. Acorde cedo, tome um banho e se arrume. Ficar de pijama o dia todo cria um ambiente ruim. Aproveite para colocar as coisas em ordem, organizar um cômodo ou fazer aquela faxina no guarda-roupa. Crie um calendário para suas tarefas.

Separe um tempo do seu dia para praticar alguma atividade física. Mesmo em casa, é possível se exercitar. Diversos profissionais, sites e aplicativos estão disponibilizando aulas gratuitas de yoga, dança ou treinos funcionais. O Yoga Flow, YogIN App, Down Dog, Academia Fit Dance e Nike Training Club estão dando aulas todos os dias. Além de fortalecer a imunidade, aumenta a sensação de bem-estar.

A ansiedade ou o ócio, podem aumentar a vontade de comer. Procure se alimentar de maneira saudável. Não é hora de dietas restritivas, mas escolha alimentos e ingredientes nutritivos, que ajudam a fortalecer a saúde, controlar stress e ansiedade. Muitos nutricionistas estão disponibilizando conteúdos sobre alimentação e até agosto estão autorizados a atender pacientes online.

Esses dias em casa, podem gerar ou agravar os sintomas de depressão ou ansiedade, principalmente nos idosos ou em quem estiver sozinho. Por isso, cuidar da mente e do emocional é muito importante. Tente pensar positivo e se manter otimista! A meditação pode ser uma grande aliada. Pratique alguns minutos por dia. Apps como o Zen, Insight Timer e 5 minutos oferecem meditações guiadas gratuitamente. Exercícios para controlar a respiração também podem ser úteis em momentos de ansiedade. Você pode usar aplicativos como o “Querida Ansiedade”, “Be Okay” e “Calm”.

Caso seja necessário, peça ajuda. Psicólogos estão oferecendo atendimento online e gratuito para a população, como o Grupo Creare e clínica Psicorpus. Nas redes, vários profissionais liberais estão disponibilizando seus serviços. Converse com alguém.

Leia mais, assista filmes alegres ou ouça sua playlist favorita. A Amazon, por exemplo, liberou diversos livros gratuitamente.

Se conecte com você e com quem você ama (mesmo que seja virtualmente), e seja solidário. Ajudar quem precisa é uma maneira de levantar o seu astral e melhorar o dia de outra pessoa. Faça cursos online, aproveite o ócio para criar ou aprender algo novo. Mantenha sua mente ocupada!