Diarra Sylla revela porque deixou Now United

Instagram, @diarrasyllalofficiel
Instagram, @diarrasyllalofficiel

Diarra Sylla revelou que foi vítima de racismo no Now United e, por isso, decidiu abandonar o grupo há quase três anos. Nesta última quinta-feira (15), a ex-integrante publicou um texto em seu Stories do Instagram alegando que o grupo tentou silenciar uma entrevista dada por ela para o site HollyWire. Com o boicote, o veículo de imprensa nunca divulgou as declarações dadas pela cantora senegalesa.

Ex-integrante expõe racismo do Now United

Diarra Sylla, agora em carreira solo, abordou o assunto ao responder um fã, que questionou quando que a entrevista iria ao ar. "Eles não publicaram. Eu tentei entender o porque, mas eles não responderam nem o meu time. Essa manhã eu finalmente descobri o porque. Hollywire entrevistou o grupo pop que eu deixei há um ano por conta de racismo e obviamente recebeu ordens de não divulgar minha entrevista", disparou.

Diarra disse estar chateada por ter gastado o seu "tempo" e "energia" para que no final não publicassem sua entrevista. Em seguida, ela revelou o racismo, prometendo falar mais sobre o assunto em breve: "Não estou preocupada com as consequências deste post e, em breve, revelarei porquê deixei o grupo. O racismo é uma coisa real. Eles sempre tentaram silenciar a garota preta (e quase conseguiram, na verdade). Sempre querem deixar a garota preta para trás, mas adivinhem: 'O fogo que Deus iniciou nunca poderá ser apagado por nenhuma tempestade".

...

Leia +


Leia +

Após confirmar carreira solo, Diarra Sylla não pode falar sobre situação no Now United
Any Gabrielly revela quais integrantes do Now United formariam um casal
Diarra Sylla fala de Luísa Sonza, dá spoiler de novo hit e lembra shows com Now United