Dia Vascular de São Paulo: especialistas tiram dúvidas sobre trombose, aneurisma e varizes

Redação


A 13ª edição do Dia Vascular de São Paulo, evento realizado pela Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular de São Paulo, ocorrerá neste domingo, 15, das 9h às 14h, no Parque Villa-Lobos, na zona Oeste da capital paulista.
O objetivo é prestar atendimento gratuito e informar a população a respeito das doenças vasculares, formas de prevenção e tratamentos.
Cirurgiões vasculares, residentes da especialidade, acadêmicos e alunos ligados à SBACV-SP realizarão os atendimentos em tendas de apoio, com orientações sobre trombose venosa, doença arterial periférica, aneurisma de aorta e obstrução de artérias carótidas.
Serão entregues cartilhas informativas e, como reforço, banners estarão expostos com explicações. Além da assistência gratuita, os visitantes poderão participar de uma aula de aeróbica. O Dia Vascular de São Paulo tem o patrocínio da Kendall.
“O Dia Vascular de São Paulo congrega atendimento e orientação à população sobre as doenças vasculares mais incidentes. A elucidação das características das alterações vasculares, demonstrada pelo especialista, é algo fundamental para que a população tenha um discernimento adequado”, destaca o presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular de São Paulo, Marcelo Calil Burihan.



Varizes: a mais conhecida das doenças vasculares

As varizes estão entre as doenças vasculares mais comuns e populares. A principal causa do problema é o surgimento de veias dilatadas e tortuosas, e os sintomas mais frequentes são: dor, cansaço e sensação de peso nas pernas, ardência, edema (inchaço), câimbras, dormência e áreas inflamadas de pele com prurido (coceira).
Homens e mulheres podem ter varizes, sendo que a maioria dos pacientes apresenta as veias dilatadas nas pernas. Estima-se que 30% da população mundial têm varizes, afetando mais as mulheres (70%) do que os homens (30%).
O tratamento com o uso de meias elásticas de compressão, principalmente durante a gestação, e a utilização de medicamentos flebotônicos que melhoram o fluxo venoso, exercícios e emagrecimento, podem ser adotados em alguns casos, antes da indicação cirúrgica.
Como forma de minimizar o problema, alguns procedimentos podem ser necessários como a escleroterapia, que é a secagem dos vasos. A técnica, sempre realizada por um médico especialista vascular, consiste na injeção de substâncias na forma líquida ou com mistura gasosa (mais conhecida como espuma) para desaparecimento das telangiectasias ou aranhas vasculares (vasinhos).
Outro procedimento adotado em pequenos vasos é a aplicação do laser.



Em algumas situações, o cirurgião vascular pode optar também pela aplicação de espuma ou utilizar o método de ablação, que se constitui em queimar para secar a veia, tanto no uso de fibras de radiofrequência quanto no laser.
No caso de varizes de médio e grosso calibre, em pessoas com sobrepeso ou sintomas de cansaço e queimação, normalmente, a escolha da alternativa mais apropriada é a técnica cirúrgica para retirada dessas veias.


Aumento na incidência de doença arterial periférica

A doença arterial periférica, conhecida como má circulação, está se tornando mais frequente. A prevalência é atingir de 3 a 5% da população depois dos 50 anos e de quinhentos a mil indivíduos por ano por milhão de habitante. Essa doença pode se tornar um grave problema e, se não tratada, há o risco de uma isquemia de membros (amputação).
Entre as razões recorrentes e sintomas das principais doenças vasculares estão o sedentarismo, a má alimentação, o cigarro, a pressão alta e o estresse do dia a dia.
"O 'Circulando Saúde' é uma ação de cunho social da SBACV Nacional, com a participação das regionais. O objetivo é orientar e atender a população, disseminando importantes informações sobre a saúde vascular. O projeto tem rodado o País e já atendeu mais de três mil pessoas", afirma o presidente da SBACV, Roberto Sacilotto.

Serviço:
13º Dia Vascular de São Paulo

Quando: Domingo, 15 de setembro
Horário: Das 9 às 14 horas
Local: Parque Villa-Lobos
Endereço: Av. Professor Fonseca Rodrigues, 1025 - Pinheiros, São Paulo (SP)
Informações: (11) 5087-4888