Dia Internacional contra Homofobia: Douglas Souza alerta para luta contra preconceito

Douglas Souza tem mais de 2,5 milhões de seguidores (FOTO: Instagram/@douglasouza)
Douglas Souza tem mais de 2,5 milhões de seguidores (FOTO: Instagram/@douglasouza)

Douglas Souza se destacou nas Olímpiadas de Tóquio 2020 dentro e fora das quadras de vôlei, conquistando mais de dois milhões de seguidores. Aproveitando a visibilidade, nesta terça-feira (17), Dia Internacional da Homofobia, o jogador alertou para a luta contra o preconceito enfrentado pela comunidade LGBTQIA+.

"Qualquer pessoa pode lutar contra a homofobia. O direito de ser livre é de todos e quando o ser humano entender isso, nós vamos evoluir para outro patamar, onde todos serão beneficiados", disse para o Gshow.

O atleta avalia que existe muita evolução pela frente para que a orientação sexual deixe de ser vista como um problema na sociedade. "Sem dúvida um dos meus sonhos é viver esse mundo onde as pessoas se respeitam como elas são."

Agora, com o trabalho de influenciador digital, o jogador aproveita o espaço das redes sociais para quebrar padrões, uma vez que seu propósito é acabar com o preconceito. Entretanto, ele admite que tal objetivo é "um trabalhador muito desafiador".

"Quando olho para as minhas escolhas, para todo o trabalho que venho construindo, sem dúvida é algo que faço por mim, mas também pensando naqueles que precisam desse apoio, desse empurrão e desse porto seguro porque sofrem com o medo", afirmou.

Atualmente, ele concilia a carreira de atleta com o mundo online. Além disso, Douglas também treina para a "Dança dos Famosos", competição do "Domingão com Huck" (Globo). "Estou curtindo, fico muito feliz de entreter o público dentro e fora das quadras e espero que a minha história e o meu trabalho possam caminhar inspirando outras pessoas a serem o que elas quiserem e acreditarem nos seus talentos."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos