DGA Awards 2023: Steven Spielberg consegue, mas mulheres ficam fora do Prêmio do Sindicato dos Diretores; veja os indicados

Não chegamos na metade de janeiro, mas a temporada de premiações já tem movimentado a indústria de maneira intensa. Nesta quarta-feira (11), o Directors Guild of America liberou a lista de indicados ao Directors Guild of America Awards 2023.

Apenas com homens, a categoria de Melhor Direção em Filme deu destaque a Steven Spielberg (Os Febelmans), a dupla Daniel Kwan e Daniel Scheinert (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo), Joseph Kosinski (Top Gun: Maverick), entre outros. O anúncio faz coro com uma fala de Natalie Portman durante o Globo de Ouro em 2018, “aqui estão os indicados exclusivamente masculinos”.

Em contraste às outras indicações, a categoria de Melhor Estreia em Direção de Filme tem um pouco mais de diversidade, com a presença de diretoras como Charlotte Wells, de Aftersun, e Alice Diop, de Saint Omer.

A premiação deixou de lado o trabalho de algumas realizadoras aclamadas pela crítica e pelo público, das quais podemos citar Sarah Polley (Women Talking), Gina Prince-Bythewood (A Mulher Rei), Chinonye Chukwu (Till) e Maria Schrader (She Said).

O drama LGBTQIAP+ de estreia de Elegance Bratton, The Inspection, também não ganhou espaço na honraria. James Cameron (Avatar: O Caminho da Água) e Baz Luhrmann (Elvis), que estão pipocando em outras honrarias, também não foram reconhecidos pelo DGA Awards 2023.

O campo da TV surpreendeu por fugir um pouco do óbvio, com indicações para Station Eleven e Obi-Wan Kenobi, por exemplo. Os hits do ano também estão na lista, com nomeações para Ruptura, Euphoria, O Urso e Wandinha.

A cerimônia acontecerá em 18 de fevereiro de 2023.

MELHOR DIREÇÃO EM FILME

Steven Spielberg (Os Fabelmans)

Martin McDonagh (The Banshees of Inisherin)

Todd Field (Tár)

Daniel Kwan e Daniel Scheinert (Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo)

Joseph Kosinski (Top Gun: Maverick)

MELHOR ESTREIA EM DIREÇÃO DE FILME

Charlotte Wells (Aftersun)

Alice Diop (Saint Omer)

John Patton Ford (Emily the Criminal)

Audrey Diwan (Happening)

Antoneta Alamat Kusijanovic (Murina)

Melhor Direção em Filmes para Televisão ou Séries Limitadas

Eric Appel, Weird: The Al Yankovic Story

Deborah Chow, Obi-Wan Kenobi

Jeremy Podeswa, Station Eleven – “Unbroken Circle”

Helen Shaver, Station Eleven – “Who’s There?””

Tom Verica, Inventando Anna – “The Devil Wore Anna”

Melhor Direção em Série de Drama

Jason Bateman, Ozark – “A Hard Way to Go”

Vince Gilligan, Better Call Saul – “Waterworks”

Sam Levinson, Euphoria – “Stand Still Like the Hummingbird”

Aoife McArdle, Ruptura – “Hide and Seek”

Ben Stiller, Ruptura – “The We We Are”

Melhor Direção em Série de Comédia

Tim Burton, Wandinha – “Wednesday’s Child is Full of Woe”

Bill Hader, Barry – “710N”

Amy Sherman-Palladino, A Maravilhosa Sra. Maisel – “How Do You Get to Carnegie Hall?”

Christopher Storer, O Urso – “Review”

Mike White, The White Lotus – “BYG”

Leia o artigo em AdoroCinema

Globo de Ouro elege Os Fabelmans como Melhor Filme; veja quais são os longas imperdíveis da premiação

Globo de Ouro 2023: Após boicote à premiação, Brendan Fraser perde para astro de Elvis

Globo de Ouro 2023: Polêmica e controversa, Dahmer garante momento histórico na carreira de Evan Peters

Globo de Ouro 2023: Eddie Murphy faz piada inesperada com tapa de Will Smith no Oscar