'Deveriam deixar nossos corpos em paz', diz Titi Müller após ter nude removido

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 17.12.2019: Apresentadora Titi Muller durante festa de fim de ano da Deezer, no Cine Jóia, em São Paulo. (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A apresentadora Titi Müller, 33, republicou uma foto em que aparece nua mostrando a barriga de grávida após ser notificada pelo Instagram de que estava infringindo às regras. A imagem havia sido publicada no perfil dela no dia 9 de maio, mesmo dia em que houve a remoção.

"Removemos seu (sua) publicação porque ele (a) viola nossas diretrizes da comunidade sobre nudez ou atividade sexual. Nossas diretrizes são baseadas em nossa comunidade global, e alguns públicos podem ser sensíves a coisas diferentes", diz mensagem deixa pela plataforma à apresentadora ao remover foto.

"Poderiam se preocupar mais com perfis que espalham ódio e fake news e deixar nossos corpos em paz", disse Mülle, sem stories do Instagram nesta quinta-feira (14). Ao republicar a imagem, ela disse: "Tive minha primeira foto denunciada e deletada por 'atividade sexual'. Acho que agora vai". "Não tinha nada aparecendo na foto original", acrescentou.

A apresentadora Titi Müller está grávida de seu primeiro filho, Benjamin, fruto de seu casamento com o músico e vocalista do Scalene Tomas Bertoni. Os dois se casaram em setembro de 2019, em São Paulo. A união foi feita com uma cerimônia civil intimista e celebrada posteriormente com uma festa.