Devendo R$ 42,5 milhões, dono da Dolly tem apenas R$ 16 na conta

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Dollynho, mascote da Dolly
Dollynho, mascote da Dolly

A Justiça de São Paulo anunciou ter encontrado apenas R$ 16 nas contas bloqueadas do empresário Laerte Codonho, dono da marca de refrigerantes Dolly. As informações são do portal UOL.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Codonho, em entrevista ao site, rebate a propriedade da dívida, e se diz alvo de um “complô” e de “perseguição”.

O governo do estado de São Paulo acusa o empresário de não ter apresentado documentos fiscais solicitados por fiscais tributários.

Segundo a ação do Ministério Público, Codonho operava um esquema de sonegação fiscal e lavagem de dinheiro envolvendo a empresa Ragi, produtora de refrigerantes.

Mas ele nega, e avisa que vai recorrer da decisão da justiça de bloquear suas contas.

Codonho foi preso em 2018, acusado de sonegação, e na época acusou a concorrente Coca-Cola de armar contra ele. Essas acusações nunca foram comprovadas.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube