Detalhes do quase acerto entre São Paulo e Rodrigo Nestor

Jorge Nicola
·1 minuto de leitura
Tricolor está quase livre do risco de perder o volante de graça (Rubens Chiri/São Paulo)
Tricolor está quase livre do risco de perder o volante de graça (Rubens Chiri/São Paulo)

A diretoria do São Paulo espera anunciar nas próximas horas a renovação do contrato de Rodrigo Nestor após longa novela. Faltam pequenos detalhes para o acerto, mas já é possível cravar que o volante de 20 anos terá um dos melhores contratos entre atletas recém-promovidos da base.

Nestor assinará um vínculo de quatro temporadas e terá direito a salário de aproximadamente R$ 130 mil por mês. Luan, Gabriel Sara e Igor Gomes, promovidos há mais tempo do CT de Cotia, ganham entre R$ 150 mil e R$ 170 mil.

Leia também:

O único ponto que ainda não foi totalmente sacramentado diz respeito ao percentual de uma venda futura a ser repassado ao volante. Seus representantes queriam, no início das tratativas, pediam 30% - no atual contrato, que termina em novembro, o São Paulo é dono de 100%.

Depois de várias propostas e contrapropostas, as partes discutem um percentual entre 12% e 15% para Rodrigo Nestor, com o Tricolor ficando com o restante.

Titular no time de Hernán Crespo, o jogador conseguiu ter praticamente todos os seus pedidos atendidos devido à proximidade do fim do seu contrato. A partir de maio, ele já poderia assinar um pré-contrato com qualquer outro clube, para deixar o São Paulo de graça em novembro.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola