Desfiles de moda masculina em NY têm inspirações em locais exôticos e cidades famosas

·1 minuto de leitura
Semana de Moda de Nova York em Manhattan, Nova York

Por Gloria Tso e Andrew Hofstetter

NOVA YORK (Reuters) - O dia dos desfiles masculinos da Semana da Moda de Nova York voltou a ter apresentações presenciais na quarta-feira, quando estilistas emergentes exibiram suas coleções para 2022.

Os modelos posaram como estátuas enquanto a plateia caminhava ao alcance dos trajes. Às vezes havia um personagem central exibindo o tema por trás da peça.

Neste ano, alguns estilistas buscaram inspiração perto de casa, enquanto outros miraram localidades tropicais distantes.

Tristan Detwiler citou a areia e as praias de sua San Diego natal como inspiração para sua coleção Stan, que mostrou padrões coloridos e tecidos semelhantes a colchas em tons neutros e terrosos.

"Eu mesmo procuro os tecidos, encontro com as pessoas, ouço suas histórias, aprendo sobre culturas", disse Detwiler. "O tecido vem em segundo lugar, realmente é a história que vem em primeiro".

Cores brilhantes, paisagens acaloradas e formas surpreendentes dominaram a coleção de Teddy Vonranson.

"Eu sempre quis fazer uma coleção exótica que me levasse aos Mares do Sul, e me inspirei muito no Tahiti e nas obras de Paul Gauguin", disse Vonranson.

Já William McNicol, da coleção William Frederick, disse que todas as suas peças foram desenhadas, desenvolvidas e fabricadas em sua cidade natal de Cleveland, no Ohio.

Em sua apresentação, os modelos pintaram uma tela usando trajes casuais e de cores neutras.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos