Descubra o quanto de queijo você de fato deveria consumir

Diga adeus às tábuas de queijos do fim de semana e às pizzas gordurosas de queijo, – pelo menos se você quiser seguir a quantidade indicada para um consumo diário saudável de queijo.

A obesidade segue aparecendo nas manchetes e agora os especialistas sugerem que, para reduzir as taxas de crescimento da obesidade, devemos prestar atenção não apenas no que as pessoas estão comendo, mas também no quanto estão comendo.

Uma nova pesquisa da Fundação Nutricional Britânica revelou que muitas pessoas no Reino Unido não sabem o que seria uma porção saudável. E não nos surpreenderia se esse fosse o caso, na maioria dos países desenvolvidos.

Por isso, cientistas nutricionistas criaram o guia “Encontre o seu Equilíbrio”, que fornece novos métodos de medição das porções de alimentos – usando as mãos, polegares e punhos, ao invés de balanças.

E, infelizmente, isso significa que temos comido em exagero praticamente todos os tipos de alimentos, incluindo queijo.

Sim, isso é queijo em excesso, aparentemente. Foto: Getty

Os amantes de queijo podem ficar perplexos porque, de acordo com a pesquisa da Fundação, a quantidade certa de queijo que devemos comer é de meros dois polegares de tamanho. Isso é o equivalente a algumas colheres de chá!

Quando se trata de macarrão, em média, consumimos cerca de 230g, sendo que 10% das pessoas questionadas afirmaram comer até 350g.

Mas a recomendação é de apenas 180g, o que, de acordo com o guia, é o equivalente a uma quantidade que cabe em duas mãos.

Se você juntar o indicador com o dedo polegar, no entanto, forma um círculo, e essa é a quantidade certa de espaguete que deveríamos colocar na panela.

A porção sugerida para o consumo de um peito de frango grelhado, um filé de salmão cozido ou um bife cozido é de cerca de metade do tamanho da sua mão, enquanto uma batata cozida deve ser “do tamanho do seu punho fechado”.

A nova orientação usa mãos e colheres como parâmetros para ajudar as pessoas a medir melhor o tamanho das suas porções [Foto: BNF]

Os lanches não são totalmente banidos do novo guia, mas precisam ser mantidos em torno de 100 a 150 calorias, e não devemos consumi-los com muita frequência.

Exemplos de lanches incluem uma pequena barra de biscoito de chocolate, um pequeno pacote de salgadinhos, quatro pequenos quadrados de chocolate (20g) ou um mini muffin, 20g de sementes e amendoim sem sal ou, ainda, uma quantidade que caiba na palma da mão, o que daria entre 113 e 137 calorias.

Especialistas acreditam que o controle mais eficaz do que significa uma porção pode levar as pessoas a tornarem-se mais saudáveis, tirando um pouco essa pressão do Sistema de Saúde.

Após uma análise do tamanho das porções, ao redor do mundo, foi desenvolvida uma orientação sobre a frequência do consumo de comidas dos principais grupos de alimentos, oferecendo conselhos sobre tamanhos sensatos de porções para adultos saudáveis, com base na média diária de 2.000 calorias.

Nossas porções são grandes demais? [Foto: Getty]

Bridget Benelam, gerente de comunicação nutricional da Fundação Nutricional Britânica, disse que o tamanho das porções não é uma preocupação comum das pessoas.

“A quantidade que colocamos em nosso prato normalmente depende do tamanho das porções que estamos acostumados a consumir, da sensação de fome e do quanto é oferecido no prato do restaurante ou em uma refeição pronta”, disse ela.

“No entanto, a fim de manter um peso saudável, devemos garantir que nossas dietas sigam o equilíbrio correto de alimentos, em quantidades razoáveis.”

“Isso não se trata apenas de comer menos; mas de comer de forma diferente também”.

Reportagem feita por Marie Claire Dorking.