Descubra as 5 melhores e mais bonitas praias de Arraial do Cabo

Felipe Abílio/Divulgação

Por: Felipe Abílio (goabilio), colaboração para o Yahoo.

Águas em vários tons de azuis e areias brancas são características de mares famosos como o do Caribe, na América Central, ou o da Tailândia, na Ásia. Mas com 632 quilômetros de costa, o litoral do Rio de Janeiro também tem um lugarzinho tão surreal que foi apelidado de “paraíso do atlântico”. É Arraial do Cabo. A cerca de 165 quilômetros da capital fluminense, a cidade com 29 mil habitantes é bastante receptiva aos turistas e encanta com a facilidade de acesso às praias, todas próximas umas das outras.

Listamos as cinco praias mais famosas e bonitas da cidade para dar aquela ajudinha na hora de decidir onde se encantar.

Praia do Forno

Felipe Abílio/Divulgação

A Praia do Forno é, sem dúvida, uma das mais conhecidas e disputadas de Arraial do Cabo. Ela esta protegida por dois grandes paredões rochosos, fazendo com que o vento ameno torne suas águas calmas e relaxantes. O local chama a atenção pelo tom verde claro do mar, que abriga uma enorme quantidade de vida marinha, como tartarugas e várias espécies de peixes.

Leia mais: Portugal é eleito melhor destino do mundo pela segunda vez

Estruturada com quiosques, aluguéis de cadeira e guarda-sóis, o lugar é indicado para quem quer passar o dia curtindo sem preocupação, já que comidas e bebidas estão disponíveis facilmente. O acesso é feito por meio de uma trilha leve de 15 minutos ou de barco. Quase todos os passeios oferecidos na cidade passam pelo Forno. Se preferir ir a pé, se prepare para perder o fôlego com a vista do mirante que fica no meio do caminho: o nascer do sol por ali é espetacular.

Na alta temporada, os quiosques preparam suas mesas e cadeiras a partir das 8 horas. Chegue cedo se quiser um lugarzinho legal na areia.

Praia Grande

Felipe Abílio/Divulgação

Principal praia de Arraial do Cabo, a faixa de areia tem mais de 40 quilômetros para você escolher onde ficar. A badalação e os quiosques estão concentrados nos primeiros dois quilômetros da ponta esquerda. Passando disso, leve esteira e lanchinho se quiser um pouco de conforto. Bastante frequentada por surfistas, o mar aberto com ondas fortes tem a água bastante fria — chegando até 8 graus em algumas épocas do ano.

O pôr do sol na Praia Grande é uma das atrações mais espetaculares oferecidas pela cidade. Reserve o fim de tarde para tomar um sorvete e contemplar esse espetáculo natural e gratuito bem no centro da cidade.

Praia do Farol

Felipe Abílio/Divulgação

Eleita pela “Travellers’ Choice” da TripAdvisor como a terceira praia mais bonita do Brasil, a Praia do Farol detém esse título pela qualidade da areia, da água e das condições de preservação. O mar azul forte e a areia branca impressionam do primeiro ao último segundo ali

Com cerca de um quilômetro de extensão, a região preservada pela Marinha Brasileira tem acesso controlado de forma rígida. O turista só pode chegar até ela em barcos de passeios autorizados, e a permanência é de no máximo 45 minutos.

Uma figueira protegida, com isolamento feito por cordas, guarda uma das lendas mais famosas da cidade. Dizem que ali é possível ver o fantasma de um cavaleiro de armadura decapitado à procura de sua cabeça perdida na “Batalha das Canoas”, no século 18. Ele teria sido atacado e degolado pelos índios. A mesma árvore também foi descrita por Américo Vespúcio em seus manuscritos.

Pontal do Atalaia

Felipe Abílio/Divulgação

Um dos cartões postais mais famosos da cidade, as duas prainhas do Pontal do Atalaia são daquele tipo de lugar que deixam saudade antes mesmo de ir embora. É ali onde os turistas tiram a famosa foto da grande escadaria que rasga o morro e dá acesso ao mar. Nos períodos de maré cheia, as prainhas se unem virando uma só.

No canto direito da praia, a Caverna do Amor, uma pequena gruta encrustada na paisagem paradisíaca, faz a felicidade dos casais românticos. Os moradores contam que o lugar tem o poder de tornar o amor eterno. Na dúvida, não deixe de dar uma passadinha por lá com quem você ama.

A praia não tem estrutura de comércio, mas na alta temporada, ambulantes vendem comidas e bebidas ao longo da faixa de areia. O acesso pode ser feito pela estrada, o final do trajeto tem uma parte de terra e não existe estacionamento, os carros ficam à beira da rodovia. Alguns passeios de barco também incluem a praia como parte da viagem.

Praia Brava

Fora da rota dos turistas mais convencionais, a Praia Brava vai te surpreender pela beleza e sensação de estar quase sozinho no céu. O acesso, que começa no topo do Pontal do Atalaia, é uma tarefa de nível de dificuldade moderado, que inclui uma trilha íngreme e pontos com degraus. Não é aconselhável fazer o trajeto em dias de mau tempo por conta do risco de acidentes.

A praia tem apenas 200 metros de faixa de areia e, em alguns momentos do dia, a maré sobe consideravelmente, não sendo possível descer até a água. O mar é bastante agitando e é preciso ter atenção redobrada se quiser dar um mergulho. A praia está quase sempre deserta e não tem nenhuma infraestrutura. Leve água e lanche caso deseje passar o dia por ali. Apesar da dificuldade do trajeto, os que persistem são recompensados com uma paisagem que mais parece uma miragem.