Derico Sciotti cai no choro ao falar sobre Jô Soares: "Foi um pai para mim"

Derico Sciotti em entrevista sobre morte de Jô Soares. Foto: Reprodução/Globo
Derico Sciotti em entrevista sobre morte de Jô Soares. Foto: Reprodução/Globo

Resumo da notícia:

  • Derico Sciotti, integrante do sexteto, lamentou morte de Jô Soares na TV

  • Saxofonista comentou que considerada o apresentador um pai em sua carreira

  • Músico caiu no choro durante o "Bom Dia São Paulo" ao falar sobre a perda

Conhecido por integrar o sexteto do "Programa do Jô", Derico Sciotti lamentou a morte de Jô Soares, que nos deixou na madrugada desta sexta-feira (05), e caiu no choro ao relembrar de sua trajetória com o veterano da televisão brasileira.

Em entrevista ao "Bom Dia São Paulo", da TV Globo, o saxofonista comentou sobre a importância do artista em sua vida, com quem trabalhou desde o "Onde e Meia", do SBT. “Ele foi e é uma pessoa incrível, uma espécie de pai para mim. Tive momentos maravilhosos com ele. Ele me ensinou tudo. Trabalhei com ele por 28 anos, dos meus 22 aos 50 anos”, declarou emocionado.

Leia também

“Tive um pai maravilhoso, que amei a vida inteira, mas Jô foi um pai. Fez coisas que só um profissional e um tutor poderiam fazer. Não sei nem externar”, completou.

Derico ainda contou que soube da notícia assustado ao receber diversas mensagens de pêsames pela perda. “Meu celular começou a bater às 6h da manhã, recebendo muitas mensagens de ‘meus sentimentos’. Abri a notícia da morte do Jô Soares", relatou.

"Tenho 56 anos e 28 foram ao lado do Jô. Tive momentos maravilhosos com ele. Ele me ensinou tudo. Sempre nos deu abertura para desenvolver nossas capacidades. Era uma pessoa diferenciada”, concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos