Denúncia de Dani Calabresa contra Melhem por assédio é arquivada pela Globo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Após audiências judiciais recentes, o departamento de compliance da Globo arquivou as denúncias de assédio sexual e moral feitas por Dani Calabresa contra Marcius Melhem, ex-diretor de humor da emissora. De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, a Globo afirmou que não conseguiu confirmar a veracidade das denúncias.

Mesmo com o fim das investigações internas da Globo, o processo continua em apuração no Ministério Público. Após o depoimento de Calabresa, nove mulheres testemunharam sobre terem sido assediadas moralmente e sexualmente pelo diretor.

Audiência judicial

A humorista Dani Calabresa e o ex-diretor da Globo Marcius Melhelm se encontraram durante uma audiência judicial que durou oito horas virtualmente. Essa foi a primeira vez que os dois se viram após a humorista denunciá-lo em 2019 por assédio sexual.

A audiência é parte do processo em que Melhem pede R$200 mil em danos morais para Calabresa. Após as acusações da humorista, oito mulheres se pronunciaram e afirmaram ter sido vítimas do ex-diretor da Globo.

Além de tentar processar Calabresa, Melhem atacou humoristas que fizeram quadros de humor sobre o processo. Em setembro de 2021, a Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo negou ao ex-diretor um pedido de indenização por danos morais contra o apresentador Danilo Gentili.

Entenda o processo

A humorista Dani Calabresa, 39, desabafou sobre as denúncias que fez de assédio contra o ator e ex-diretor da Globo Marcius Melhem, 48, durante participação no programa Saia Justa, da GNT, na noite desta quarta-feira (3). Ela disse que precisou se apegar ao trabalho e aos amigos para seguir em frente após o divórcio do humorista Marcelo Adnet e o "episódio horrível de assédio".

"O que me ajudou a colar os pedaços foi o trabalho. De verdade, o trabalho me salvou. Sabe essa sensação que eu tenho porque acordar. Eu tenho que tomar banho. Eu tenho que ficar bem, eu tenho que estudar, eu tenho que lembrar quem sou, recuperar minha energia. Fazer o que eu gosto, me faz bem. Então o trabalho me salvou", afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos