Demitida, atriz mirim diz que sofreu assédio moral no SBT: "Me pagaram três anos de terapia"

Duda Wendling surpreendeu o público ao abrir o jogo sobre sua passagem pelo SBT. A atriz participou entre 2015 e 2016 da novela infantil "Cúmplices de um Resgate", e afirmou que foi vítima de assédio moral por parte das mães do elenco.

"Rolam muitas coisas nos bastidores entre as mães do elenco da novela, é normal acontecer isso no SBT. Não era um ambiente legal para continuar", explicou ela em uma live no Facebook.

Leia também:

A mãe de Duda resolveu não renovar o contrato com o SBT, e a atriz acabou sendo substituída no meio da trama por Sophia Valverde. "Independentemente do valor, não valia a pena. Estava sofrendo muito lá dentro, era muito trauma. Foi maldade demais, não queria comer, falar, achava que nunca mais ia conseguir nada. Entrei em depressão aos 9 anos. O SBT pagou três anos de terapia pra mim", lamentou.

A atriz elogiou Larissa Manoela, que vivia as gêmeas Manuela e Isabela na trama, e disse que ela foi fundamental como amiga quando ela foi demitida da trama. "Ela ficou chorando junto comigo, todo mundo ficou mal, ninguém esperava".

Entenda a polêmica

Ainda rende o caso do afastamento da atriz mirim Duda Wendling, de 9 anos, da novela “Cúmplices de Um Resgate”, do SBT. Noeme Wendling, prima da menina, usou o seu perfil no Facebook na tarde desta quarta-feira (25) para desabafar sobre o real motivo da saída da garota do elenco da novela de Íris Abravanel. “O motivo real da saída de Duda foi que a atriz estava sendo perseguida nas gravações com intermináveis implicâncias por três mães que tem também os seus filhos fazendo parte elenco”, escreveu Noeme, sem citar os nomes.

Segundo ela, Duda está muito triste com o desligamento e sua substituição, à la Cora na novela “Império”, pela atriz Sophia Valverde, que faz a mesma personagem, Dóris. “A atriz está fazendo acompanhamento psicológico pois ficou totalmente abalada com o seu afastamento da novela”, acrescentou Noeme na rede social.

A prima negou rumores de atrasos e faltas nas gravações da menina, que teriam sido o motivo do desligamento. A parente garante que a menina teve, na verdade, uma torção no pé por causa de um tombo. Leia, abaixo, o desabafo, na íntegra:

“Após alguns rumores gostaríamos de esclarecer que o afastamento da atriz Duda Wendling do SBT não tem nenhuma ligação com as informações que estão sendo divulgadas sobre as faltas e atrasos nas gravações. A atriz esta morando em São Paulo, desde o mês de janeiro de 2015, no bairro de Cajamar, onde também frequenta a escola. Inclusive na época foi até uma das exigências do SBT. No mês de agosto, a atriz teve uma torção no pé, por causa de um tombo no play do prédio onde mora e no mês de outubro, pegou uma virose que a deixou muito abatida. Em ambos os casos, ela foi liberada pela direção, onde foi proposto “pendurar as cenas”, mas mesmo assim, ela fez questão de gravar e dar o melhor se si. A própria direção da novela elogiou por sua responsabilidade e atuação. O motivo real da saída de Duda foi que a atriz estava sendo perseguida nas gravações com intermináveis implicâncias por três mães que tem também os seus filhos fazendo parte elenco. A atriz está fazendo acompanhamento psicológico pois ficou totalmente abalada com o seu afastamento da novela”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos