Demi Lovato volta a aceitar ser chamada por pronomes femininos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*ARQUIVO* Sao Paulo, SP, BRASIL, 22-04-2014 16h56:Cantora norte americana DEMI LOVATO posa para sessao de fotos antes da entrevista coletiva  no Citibank Hall (em Sao Paulo) onde fara tres shows(Foto Eduardo Knapp.Folhapress)
*ARQUIVO* Sao Paulo, SP, BRASIL, 22-04-2014 16h56:Cantora norte americana DEMI LOVATO posa para sessao de fotos antes da entrevista coletiva no Citibank Hall (em Sao Paulo) onde fara tres shows(Foto Eduardo Knapp.Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Quase um ano após se dizer uma pessoa não binária, Demi Lovato, 29, agora afirma que aceita ser chamada pelos pronomes femininos.

Na bio de seu Instagram, colocou que responde da mesma forma quando se referem a ela como "they", mas também "she" e "her" (ela e dela em tradução literal).

Em maio de 2021, Demi revelou que se entende como uma pessoa não binária, ou seja, que não se identifica com qualquer gênero binário seja feminino ou masculino. Em uma série de mensagens nas redes sociais naquela época, explicou melhor sobre esse posicionamento.

"No último um ano e meio, fiquei fazendo um processo de cura e um trabalho reflexivo. Por meio disso, eu tenho a revelação de que me identifico como pessoa não binária. Com isso dito, eu mudo oficialmente meus tratamentos para 'they/them'", afirmou.

Em inglês, os termos "they" e "them" significam "eles" e "deles", mas também podem se referir a homens, mulheres ou pessoas que não se identifiquem com nenhum dos sexos.

Em uma série de mensagens no Twitter, Demi contou que já havia um tempo que queria se revelar ao mundo. "Todos os dias que acordamos temos outra oportunidade e chance de ser quem queremos ser. Passei a maior parte da minha vida crescendo na frente de todos vocês, que viram o bom, o ruim e tudo mais", afirmou.

Demi se dizia feliz por poder ser quem realmente é e por poder compartilhar isso com todos. "Isso aconteceu depois de muito trabalho de cura e reflexão. Compartilhar isso agora abre outro nível de vulnerabilidade para mim. Estou fazendo isso por aqueles que não têm sido capazes de compartilhar quem eles realmente são", concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos