Deh Bastos: "escola é um lugar que perpetua o racismo”

Fernando Rocha
·1 minuto de leitura

O ‘É Normal?’ desta semana traz Deh Bastos, comunicadora, publicitária e criadora do perfil ‘Criando Crianças Pretas’ para falar sobre o que é necessário para educar crianças pretas felizes e brancas antirracistas.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Para isso, ela deixa claro que o exemplo precisa vir não só de dentro de casa, mas de todos os ambientes de formação desta criança, como a escola. “É importante saber que a escola é um lugar que perpetua o racismo. Muito do meu trabalho parte de como precisamos olhar para o quanto o ambiente escolar é hostil. E uma pergunta válida é: como está a saúde mental de crianças pretas no ambiente escolar?”

Veja também

Deh explica que a educação eurocêntrica que traz a Europa como perspectiva de ensino, assim como um corpo docente pedagógico sem representação preta com letramento racial crítico e um material didático que não apresenta uma perspectiva preta sobre a história, são elementos que possibilitam a permanência da estrutura racista no ambiente escolar.

A comunicadora defende também que é importante para as crianças conviverem com diversidade étnico-racial, de gênero ou qualquer tipo de limitação, pois isso contribui para o desenvolvimento da criatividade da criança e de habilidades sociais menos preconceituosas.

Assista o vídeo e confira as colocações da profossional.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube