Deborah Secco, aos 40 anos: "Estou velha para desfilar em uma escola de samba"

Deborah Secco será rainha de camarote (Foto: Divulgação/Camarote Allegria)

Por Aline Nobre (@linesnobre) e Lucas Pasin (@lucaspasin)

Depois de ter brilhado por anos na Sapucaí - com destaque especial para quando foi rainha de bateria da Grande Rio, em 2004 - Deborah Secco aproveita o Carnaval já há alguns anos de outras maneiras e, em conversa com o Yahoo, garantiu, aos 40 anos, não tem mais disposição para assumir nenhum cargo em alguma agremiação. Neste ano, será rainha do Camarote Allegria, na Sapucaí, e prefere uma folia 'mais calma' e acompanhada da família. 

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

"A verdade é que estou velha (risos). Aguentar uma avenida inteira não é fácil e não tenho essa força mais. Além disso, hoje tenho outras prioridades, e não quero perder mais duas horas do meu dia para malhar e fazer aula de samba. É possível se divertir sem ter tanto compromisso."

Leia também

“Ser rainha ou madrinha de uma escola é uma grande responsabilidade, porque aquilo é a vida de muitas pessoas. Não vou entrar para fazer mais ou menos. Uma madrinha fica lá 90 minutos sambando e não tenho mais idade para isso", explica a intérprete de Alexia, protagonista da novela 'Salve-se Quem Puder', da TV Globo. 

Deborah Secco posa com look de guerreira (Foto: Divulgação/Camarote Allegria)

Ser rainha de um camarote, no entanto, é algo mais tranquilo para Deborah, e possibilita que ela também não se afaste da folia, algo que sempre gostou. "Desde criança amo me fantasiar, de maquiagem. A gente espera o Carnaval chegar para poder colocar os 'look babado' tudo pra jogo, né? E conciliar com o trabalho não é fácil, mas quando a gente escolhe dividir nossos momentos, arrumamos tempo. A gente só não arruma tempo para o que não quer", diz a atriz.

Deborah, que para ser apresentada para a imprensa como Rainha do Allegria usou um look bastante sensual, utilizando um tapa-sexo para não mostrar demais, falou também sobre a importância do respeito com a mulher, principalmente no Carnaval. Ela acredita que a empatia é a solução para tudo. 

Deborah Secco promete looks baphos para o Carnaval 2020 (Foto: Divulgação/Camarote Allegria)

"Para mim é muito claro: respeite o próximo. Posso querer ser o que eu quiser, mostrar meu corpo da forma que quiser. O corpo é meu, não é de mais ninguém, e isso não dá o direito de ninguém entrar na minha privacidade. Defendo muito que 'não é não' e acho que cada vez mais nós, pessoas públicas, temos que ressaltar isso. Tenho voz para me defender, mas muitas mulheres não tem. Precisamos ser empáticas", defende a atriz. 

Dona de curvas que são sempre muito elogiadas, Deborah diz que não faz dieta, não tem rotina de exercícios e brinca: "Dizem que é sorte, mas não escreve isso porque se não vão colocar olho gordo."

Deborah Secco brilhará na Sapucaí (Foto: Divulgação/Camarote Allegria)

Ela ainda fala sobre a busca pelo 'corpo padrão perfeito' e conta que não é porque tem facilidade em se manter magra que todos também precisam ter. "A vida não é tão simples para todo mundo. Ter esse corpo para mim é muito fácil, não tenho grande esforço, mas para algumas pessoas é um esforço desmedido. E é uma tremenda falta de respeito a julgarem por isso, algo tão pequeno. Temos que brigar para ser honesto, ter caráter, ser generoso."

Ainda sobre Carnaval, Deborah conta que a filha, a pequena Maria Flor, adora ver a mamãe vestindo fantasias, e que considera o marido, o ator Hugo Moura, um grande parceiro na folia: "Tentamos sempre aproveitar os três juntos. A Maria ama. O Hugo fica com ela quando eu preciso estar em algum lugar trabalhando, mas sempre que ele pode é um grande parceiro. Hugo é baiano, então também adora Carnaval."