Deborah Blando revela que sofreu abuso e se arrepende de não ter denunciado ex-namorado

·2 minuto de leitura
*ARQUIVO* Rio de Janeiro, RJ, 21.01.2001 - A cantora Deborah Blando. (Foto: Adriana Zehbraukas/Folhapress)
*ARQUIVO* Rio de Janeiro, RJ, 21.01.2001 - A cantora Deborah Blando. (Foto: Adriana Zehbraukas/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora Deborah Blando, 51, revelou que viveu uma relação abusiva com um ex-namorado e que se arrepende de não tê-lo denunciado na ocasião. Ela contou que conseguiu sair da situação indo para a casa da mãe, embora ele ainda tenha tentado falar com familiares dela para "inverter a história".

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

"Tive um namorado muito abusivo que forçava uma barra e também forçava psicologicamente. Mas teve uma noite que ele forçou geral. Falei: 'Por que está me forçando? Sou tua namorada, para.' Foi uma coisa horrível. Teve um momento que eu tive que empurrar ele e falei: 'Você não toca nunca mais em mim'.", disse.

As declarações foram dadas em entrevista ao site Gshow, publicada nesta terça (10). "Depois soube que ele fez isso com outras ex-namoradas. Me senti tão mal que peguei um avião no dia seguinte e fui para a casa da minha mãe. Ele me seguiu, tentou falar com o meu cunhado na época, inverteu a história."

Leia também

Deborah Blando contou que não quis denunciar para não se expor, mas que se fosse hoje, agiria de forma diferente. "Como artista, às vezes é até pior. Você sabe que vai ser exposta e já está tão fragilizada com uma situação daquelas... Da onde vai tirar força emocional para dar entrevista, passar no meio do público depois de estar em uma situação fragilizada? Não é fácil. Hoje sou uma mulher madura. Com certeza teria denunciado."

A cantora está relançando uma nova versão da música "Próprias Mentiras", que fez sucesso em 2000 como tema da personagem Íris, vivida pela sua xará Deborah Secco, em "Laços de Família" -novela que é reprisada no Vale a Pena Ver de Novo, da Globo. Trecho da canção diz: "Cuide do seu nariz. Você fala demais. Não fui eu que pedi. Se o teu conselho fosse bom, tu vendia..."

"Essa música fala sobre não, sobre ser livre, sobre respeito, [diz] que é mais fácil julgar os outros do que ter que olhar para suas próprias fraquezas. O cara que é inseguro tem que humilhar a mulher para se sentir alguém. É um tema que eu gosto de falar. Qual foi a mulher que não foi, de alguma forma, julgada, reprimida, abusada? Aconteceu comigo, poucas pessoas sabem."

Na entrevista, Deborah Blando, que mora atualmente na Inglaterra, afirmou que pretende escrever um livro contando esse e outros fatos da sua vida pessoal e profissional. O objetivo, segundo ela, é encorajar e inspirar outras pessoas. "A história da minha vida dá um musical. É muita coisa, são vários temas. Acho que vai ajudar muita gente".

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube