De nome de rua a enredo de samba: o legado de Paulo Gustavo em um ano de saudade

Rua Ator Paulo Gustavo, Thales no desfile da São Clemente e estátuas de Paulo Gustavo em Niterói.
Rua Ator Paulo Gustavo, Thales no desfile da São Clemente e estátuas de Paulo Gustavo em Niterói. Foto: Reprodução/Twitter/Graça Paes/AgNews

Resumo da notícia:

  • De estátua a enredo de samba: O legado de Paulo Gustavo um ano após sua morte

  • Comediante nos deixou em 4 de maio de 2021 após quase dois meses internado por Covid-19

  • Carioca recebeu uma série de homenagens de extrema importância ao longo do último ano

Faz exatamente um ano que o Brasil chora a perda de um dos maiores nomes da comédia no país, nesta quarta-feira (04), Eterno intérprete da Dona Hermínia, Paulo Gustavo foi vítima de complicações da Covid-19 em 2021 e deixou um vazio no coração daqueles que apreciam todos os seus trabalhos, dentre peças de teatro, sucesso no cinema e especiais do Multishow, que arrancaram inúmeras risadas do público.

Mas os 365 dias posteriores à morte do artista insubstituível foram repletos de feitos que representam a relevância do homem gay, de 42 anos, nascido em Niterói, no Rio de Janeiro, para a cultura brasileira. Mesmo sem sua presença física, Paulo Gustavo deixa um legado admirável, que passa por nome de rua, estátuas na cidade natal e até enredo de escola de samba. Confira o que rolou ao longo do último ano a partir da força da existência do humorista:

RUA PAULO GUSTAVO

Menos de um mês depois de sua morte, a cidade de Niterói, no Rio de Janeiro, ganhou a rua Ator Paulo Gustavo em homenagem ao humorista. A alteração do nome da via Coronel Moreira aconteceu no dia 19 de maio de 2021 após mais de 34 mil votos em consulta pública aprovada pela Câmara Municipal.

Além da instalação do novo logradouro, placas de frases marcantes ditas pelo artista foram inseridas em mais três esquinas da região. O conjunto foi intitulado "Circuito Turístico Cultural Paulo Gustavo".

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

DIA DO HUMOR

Em mais uma homenagem à memória de Paulo Gustavo, o dia 30 de outubro passou a ser o Dia do Humor no estado do Rio de Janeiro. Isso porque é a data de nascimento do humorista e, por iniciativa do Multishow e com apoio da família, seu aniversário entrou no calendário oficial do estado.

Proposta pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), a lei foi sancionada no dia 26 de outubro pelo governador Cláudio Castro para que o legado de Paulo nunca fosse esquecido. Em publicação nas redes sociais, Marcus Majella exibiu um registro no dia 30 de outubro de uma reunião com amigos e familiares de Paulo Gustavo para celebrar a data. Confira:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

ESTÁTUAS EM NITERÓI

No dia do aniversário de 448 anos da cidade de Niterói, em 22 de novembro de 2021, Paulo Gustavo ganhou mais uma homenagem. Foram inauguradas duas estátuas no Campo de São Bento, em Icaraí, bairro da cidade natal do artista.

Feitas por Jo Grassini, cada estátua de argila tem 1,82cm de altura. Em uma das obras, o humorista está caracterizado como Dona Hermínia, a mais famosa personagem de sua carreira. Na segunda obra, ele surge sentado com um look característico de seu estilo.

Estátuas de Paulo Gustavo e Dona Hermínia no Campo de São Bento, em Niterói. Foto: Reprodução/Twitter
Estátuas de Paulo Gustavo e Dona Hermínia no Campo de São Bento, em Niterói. Foto: Reprodução/Twitter

LEI PAULO GUSTAVO

Aprovada pelo Senado Federal em março deste ano, a Lei Paulo Gustavo, que já havia passado pela Câmara dos Deputados, prevê que sejam repassados a Estados e Municípios cerca de R$ 3,86 bilhões em recursos da União para o setor cultural, um dos mais afetados pela crise da pandemia de covid-19 no Brasil. A proposta de lei previa destravar parte dos recursos do Fundo Nacional da Cultura e do Fundo Setorial do Audiovisual, fundos públicos voltados para o fomento do setor cultural.

No entanto, no início de abril, o presidente Jair Bolsonaro (PL) vetou a LPG. Em nota, a Secretaria-Geral da Presidência afirmou que o texto criaria despesa sem apresentar uma compensação na forma de redução de gastos. O Congresso Nacional ainda pode derrubar o veto do governante.

TROFÉU PAULO GUSTAVO DE HUMOR

Em retrospectiva de Melhores do Ano no "Domingão com Huck", Tatá Werneck foi a primeira pessoa a vencer o Troféu Paulo Gustavo de Humor, uma nova categoria, criada em homenagem ao humorista. Uma das melhores amigas do artista, Tatá ficou emocionada com a vitória e afirmou que nunca antes tinha vencido nada por seu trabalho como humorista.

"Eu já ganhei prêmio como atriz, mas nunca fazendo humor. É minha primeira vez. Mas eu trocaria qualquer prêmio para estar concorrendo ao lado do Paulo, porque ele era o melhor", explicou. Confira o momento:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

ENREDO SÃO CLEMENTE

Escola São Clemente no Rio de Janeiro homenageiam Paulo Gustavo (Foto: CARL DE SOUZA / AFP via Getty Images)
Escola São Clemente no Rio de Janeiro homenageiam Paulo Gustavo (Foto: CARL DE SOUZA / AFP via Getty Images)

Anunciado em setembro de 2021, o samba-enredo que homenageia Paulo Gustavo foi a coroação do legado do humorista nesse primeiro ano de ausência física. O desfile da São Clemente, escola de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro, relembrou a trajetória do artista com alegorias que relembraram a importância de "Minha Mãe É Uma Peça" com a representação de Dona Hermínia, a representatividade de Paulo na comunidade LGBTQ+, a família construída com Thales Bretas e muito mais.

Juliana Amaral, irmã de Paulo Gustavo, que foi um dos destaque na homenagem ao humorista, estava preocupada em passar mal. “Estou com taquicardia, ansiosa ainda com tudo mesmo após o fim do desfile. Espero ter passado mensagens de amor, de cura, de respeito para todas as pessoas, em nome do meu irmão”, declarou ao Yahoo!.

Thales Bretas, viúvo de Paulo Gustavo, confessou que pensa no marido todos os dias e revelou como foi a experiência de homenagear o marido: “Sempre passa um filmena minha cabeça do que vivi com o Paulo, mas na Sapucaí passou energia mandando pra ele ou ele pra gente. Senti ele o tempo todo. É sensacional o quanto ele era amado. As pessoas curtem suas histórias. Paulo inspirou e continuará inspirando. Ele construiu algo que ninguém jamais conseguirá tirar. Ele é eterno", declarou.

Com vários famosos na apresentação, dentre diversos comediantes e amigos do humorista, Dona Déa, mãe de Paulo Gustavo, de 74 anos, não deixou de marcar presença e esteve no alto de um dos carros alegóricos enquanto soltava a voz com o hino do samba-enredo, intitulado "Minha Vida É uma Peça". Confira um trecho:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em entrevista à Globo, logo na saída da avenida, Dona Déa ainda comentou o que sentiu ao desfilar em uma grande homenagem ao filho. Confira:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.