De Marília a Tim Bernardes: Gal Costa abriu espaço para nova geração da música

Cantora Gal Costa em perfomance no Palau de la Musica em Barcelona, Espanha, em julho de 2005. (Foto: Jordi Vidal/Redferns)
Cantora Gal Costa em perfomance no Palau de la Musica em Barcelona, Espanha, em julho de 2005. (Foto: Jordi Vidal/Redferns)

A cantora Gal Costa morreu nesta quarta-feira (9), aos 77 anos, em São Paulo. A artista havia passado por uma cirurgia no nariz recentemente, mas a causa da morte não foi divulgada pela família.

Nos últimos anos, a cantora abriu espaço para uma nova geração da MPB e passeou por diversos gêneros musicais enquanto gravava com artistas em ascensão. Em 2018, Gal gravou a faixa dançante "Cuidando de Longe", uma parceria com a cantora Marília Mendonça. A colaboração é um grande sucesso no Spotify, com mais de 12 milhões de reproduções, e integra o disco "A Pele do Futuro".

A artista também dedicou um projeto inteiro para colaborar com novos artistas em regravações dos grandes sucessos de sua carreira. No disco "Nenhuma Dor", lançado em 2021, Gal gravou o single "Baby" com o músico Tim Bernardes, vocalista da banda O Terno. O cantor também teve a oportunidade de subir ao palco com Gal no Festival Coala para apresentar a canção em setembro.

Neste projeto, que totaliza 10 canções, Costa gravou "Avarandado" com Rodrigo Amarante, "Só Louco" com Silva, "Pois É", com António Zumbujo e "Nenhuma Dor" com Zeca Veloso.

Provando toda sua versatilidade, ela colaborou com Seu Jorge em "Juventude Transviada", "Negro Amor (It's All Over Now, Baby Clue)" com Jorge Drexler, "Paula e Bebeto" com o rapper Criolo e "Coração Vagabundo" com Rubel. Assim como Tim, ele também cantou com a artista no palco do Coala.

Morte da cantora Gal Costa

Gal Costa, um dos principais nomes da música popular brasileira, morreu na manhã desta quarta-feira (9), aos 77 anos. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da artista e a causa da morte ainda não foi revelada.

A cantora era uma das atrações do festival Primavera Sound, que aconteceu em São Paulo no último fim de semana, mas sua performance foi cancelada. De acordo com sua equipe, ela seguiu recomendações médicas para descansar após a retirada de um nódulo na fossa nasal direita e ficaria fora dos palcos até o final de novembro.