De Jackie Chan ao bregafunk: as 5 melhores músicas até aqui sobre o coronavírus

Por Rafael Monteiro

Como qualquer pandemia, a crise do coronavírus merece ser levado a sério. Apesar disso, há diversas formas de lidar com uma situação tão tensa - e, certamente, a música irá nos ajudar a superar por esse momento difícil. Com bom humor ou como instrumento conscientização.

Não por acaso surgem em diversos cantos do mundo músicas sobre a doença. Para que você possa se divertir um pouco (em casa, obviamente) e curtir a quarentena de um jeito diferente, separamos as melhores delas abaixo:

'BELIEVE LOVE WILL TRIUMPH'

O coronavírus tem a sua própria We Are The World - e não estamos falando do vídeo desastroso de Gal Gadot. Na China, grandes personalidades como Wang Leehom, Xiao Zhan e o famosíssimo Jackie Chan se reuniram para cantar uma balada que pede coragem aos países que sofrem da doença. Repare no vozeirão da estrela de A Hora do Rush.



LA CUMBIA DEL CORONAVIRUS

Com ritmo contagiante, o mexicano Mister Cumbia nos lembra da importância de lavar as mãos e evitar tocar o rosto durante o dia. Uma mão na consciência e a outra, no joelho.





CORONA VÍRUS - SHEVCHENKO E ELLOCO E CARDI B

Cardi B virou meme fazendo alarde com o coronavírus. No Brasil, a fala da cantora acabou virando um refrão de bregafunk, com participação especial dos astros locais Shevchenko e Elloco. A música também nos lembra dos cuidados básicos de precaução contra a doença.




'CORONA VIRUS' - YOFRANGEL 911

O cantor dominicano Yofrangel 911 apresenta um belo exemplar de dembow, ritmo jamaicano, com um refrão marcado por um... coro de espirros. Mesmo pitoresca, o clipe alerta sobre a importância de proteger a boca durante a tosse e os espirros.


MC RICK - AI QUE LINDO - CORONAVÍRUS

"Cuidado com ela/menina terrível/Mulher casada não pode/mata igual coronavírus". Com esse verso e um clipe com funkeiros usando máscaras de proteção, MC Rick usa a doença como rima e tira sarro da situação. A faixa contém alguns palavrões e muitas referências a sexo, portanto, se não quiser chocar ninguém em casa, é melhor pegar o fone.