Days Gone: Fracasso do game seria culpa dos reviews de 'justiceiros sociais', alega diretor

Sabemos que Days Gone não tornou-se aquele “blockbuster” igual ao God of War ou Horizon Zero Dawn como a Sony e a equipe da Bend Studio gostariam. Podemos apontar vários motivos para o sucesso ou fracasso (você pode conferir o review do IGN Brasil), mas a verdade é que o game não caiu nas graças do público e da mídia especializada.

Games Releasing Next Week: Mortal Kombat 11, Days Gone, and More for PS4, Xbox One, Nintendo Switch, PC
O game recebeu nota 9 na review do IGN Brasil

Para John Garvin, o escritor e diretor criativo de Days Gone, o motivo do desempenho abaixo do esperado seriam notas baixas da crítica especializada. Ele também atribui a imagem negativa aos bugs técnicos e “revisores que não se deram ao trabalho de realmente jogar Days Gone”.

No Twitter (aquela rede mágica das "tretas"), Garvin alega que existem três razões pelas quais Days Gone teria fracassado. As alegações surgiram em resposta a um fã que não entendeu o motivo do game não ser tão ovacionado pelo público. Confira abaixo o tweet do ex desenvolvedor da Bend Studio e as repostas (com tradução livre):

  1. Tinha problemas técnicos como bugs, streaming e taxa de quadros;

  2. Houveram revisores que não se deram ao trabalho de realmente jogar o jogo

  3. E três, revisores “woke” que não conseguiam lidar com um motociclista branco rude olhando para a bunda de seu par

Imagem do tweet de John Garvin
Imagem do tweet de John Garvin

Obviamente, o terceiro ponto é o mais polêmico. Afinal, “um motociclista branco rude olhando para a bunda do seu par” soa muito mal, para não dizer no mínimo de “péssimo gosto” ao ser dito por um profissional d...

Days Gone: Fracasso do game seria culpa dos reviews de 'justiceiros sociais', alega diretor
Leia Mais