Dayane, da tribo Lua, é a primeira eliminada da temporada de No Limite

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 28.08.2019 - O atleta Fernando Fernandes, apresentador do programa No Limite (Globo). (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 28.08.2019 - O atleta Fernando Fernandes, apresentador do programa No Limite (Globo). (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A sexta temporada do reality de sobrevivência No Limite (Globo), estreou na noite desta terça-feira (3) com a eliminação de Dayane com seis votos. Ela foi a mais votada por sua equipe, a tribo Lua, que perdeu a primeira prova de imunidade da edição e por isso teve de escolher um membro para deixar o programa.

A tribo Lua venceu as duas primeiras provas, garantindo, fogo, melhor acampamento -que fica próximo de árvores que garantem sombra- e o privilégio de maior quantidade de comida. Mas a tribo Sol conseguiu virar o jogo na Prova de Imunidade. Com isso, a Lua foi obrigada a escolher um membro para ser eliminado.

O primeiro episódio começou com a adrenalina com o apresentador Fernando Fernandes chegando de paraquedas. Enquanto os 24 participantes desembarcavam de um barco e nadavam até a praia.

"O primeiro mergulho no mar foi um desastre. Todo mundo lá na frente e eu flopado, quase morrendo. Fiquei morrendo de medo das pessoas acharem que eu sou fraco e querer me eliminar", disse o redator publicitário Victor Hugo de Castro.

No local, os participantes foram separados em duas equipes: Sol e Lua, que defenderam as cores amarelo e azul, respectivamente. Eles receberam as bandanas com as cores de suas equipes, os cajados e partiram para a primeira prova de sobrevivência.

A Sol era composta por Ninha, Matheus, Vanderlei, Flavia, Pedro, Tiemi, Andréa, Patrícia, Clécio, Verônica, Lucas e Leonardo. Enquanto a Lua era formada por Adriano, Dayane, Shirley, Ipojucan, Kamyla, Janaron, Bruna, Victor, Charles, Rodrigo, Roberta e Guza.

Teve participante que decidiu criar personagem e começou a fazer alianças, enquanto outros estão de olho em romance.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos