David Beckham recusa proposta para furar fila no velório da rainha Elizabeth 2ª

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - David Beckham se recusou a furar uma fila quilométrica para se despedir da rainha Elizabeth 2ª, em Londres. Ela morreu aos 96 anos no último dia 8 e o ex-capitão da seleção inglesa revelou ter se inspirado em seu falecido avô, um monarquista convicto, para tomar a decisão de prestar homenagem à monarca. Ele ficou mais de 12 horas em pé na fila do Westminster Hall.

As informações foram publicadas pelo jornal Daily Mail. O jornal inglês revelou que um deputado, que poderia levar até quatro convidados diretamente ao caixão da rainha, ofereceu uma das vagas a David Beckham. O astro de 47 anos, no entanto, recusou a proposta e disse que seu avô Joseph West, que morreu em 2009, era um grande monarquista e ficaria desapontado com ele.

"David poderia ter evitado todas as filas, mas ele queria ser como todo mundo. Ele disse que seu avô não teria pulado a fila, então ele também não. Ele ficou se perguntando a semana toda quando seria a melhor hora para ir e, finalmente, ele foi esta manhã", disse uma fonte, que também reforça a cultura monarquista da família do ex-jogador.

Beckham chegou por volta das 2h da manhã para entrar na fila do velório da rainha Elizabeth 2ª. O ex-meia do Manchester United passou horas sem ser reconhecido antes de viralizar na web. "Todos nós queremos estar aqui juntos. Todos nós queremos experimentar algo em que celebramos a vida incrível de nossa rainha", disse ele em entrevista à BBC na saída do palácio.