Das barbearias ao sucesso no sertanejo: Vitor & Cadu lançam “Coração no Bolso”

Lucas Pasin
·2 minuto de leitura
Vitor & Cadu  (Foto: Theo Lopes/Divulgação)
Vitor & Cadu (Foto: Gabriel Brasil/Divulgação)

Os dois eram barbeiros em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e de noite tocavam em barzinhos da cidade. Porém, o destino uniu Vitor & Cadu e fez com que os sertanejos se tornassem uma das grandes apostas na música com apenas um pouco mais de 1 ano de carreira. Eles lançaram na última sexta-feira (30) a primeira faixa do álbum 'Case', a música "Coração no Bolso", que apresenta ao público a famosa 'pisadinha', com a cara do verão.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

"A música surgiu em nossas vidas desde muito cedo. Crescemos em um berço musical muito forte onde tivemos influências de alguns familiares", conta Vitor em exclusiva ao Yahoo: "Nos conhecemos através de alguns amigos em comum e sempre nos encontros rolava uma cantoria. E, por influência do pessoal mesmo, resolvemos levar mais a sério e formar uma dupla."

Leia também

A dupla já é sucesso com "Rodando Bocas" e outras canções. Eles somam mais de 15 milhões de acessos (entre YouTube, Spotify e Deezer).

"Esperávamos uma boa repercussão, mas nunca se tem noção da dimensão de um sucesso e a Rodando Bocas nos impressionou bastante, além de nos apresentar para o Brasil. Abriu várias portas para Vitor & Cadu", completa Vitor.

Sobre a nova música, 'Coração no Bolso', o sertanejo conta que a inspiração saiu de madrugada e retrata o cotidiano de muitos casais. "Talvez tenha até já acontecido comigo", brinca.

Por trás dos meninos está Maurício Mello, empresário já conhecido do sertanejo. A dupla tem muita confiança nele: "Sabemos que o seu conhecimento e bom relacionamento vai nos ajudar muito a alcançar nossos objetivos. Somos eternamente gratos, ele que trabalhou com nomes tão conhecidos, como Henrique e Diego, tem nos abraçado como filhos mesmo."