Danilo Gentili é condenado pela segunda vez e terá de pagar R$ 20 mil para deputado

Redação Vida e Estilo
(Foto: Reprodução/SBT)
(Foto: Reprodução/SBT)

A semana está difícil para o apresentador Danilo Gentili. Após ser condenado a seis meses e 28 dias de detenção, em regime inicial semiaberto, pelo crime de injúria praticado contra a deputada federal Maria do Rosário Nunes (PT-RS), o humorista foi culpado pela 26ª Câmara Cívil do Rio de Janeiro por ofensa, injúria, difamação e danos morais ao deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ).

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

O processo não estipula nenhuma pena de prisão, mas pretende mexer no bolso do apresentador. Danilo, de acordo com a ação, terá de indenizar Freixo com a quantia de R$ 20 mil.

O deputado resolveu colocar Gentili na Justiça quando o humorista comentou uma reportagem publicada na coluna Radar, da Veja, em que dizia que a ex-mulher de Freixo o acusava de machismo.

O comentário foi realizado no Twitter, no dia 3 de maio de 2017. “Pô, Marcelo Freixo. Você é uma farsa mesmo, hein seu merda. Aproveitando… E seus Black blocs? Mataram mais alguém esses dias?”, questionou o apresentador à época.

Desde o momento em que a condenação de Gentili envolvendo o caso de Maria do Rosário foi divulgada, vários famosos avaliaram a situação, incluindo o presidente Jair Bolsonaro e o humorista Fábio Porchat.

Procurado pelo Yahoo, o SBT informou que “não comenta atitudes pessoais de seus colaboradores e o programa ‘The Noite’, apresentado pelo humorista, permanece no ar”.

Assista a seguir: Bolsonaro se atrapalha com teleprompter durante discurso