Daniela Mercury captou R$ 270 mil na Rouanet, mas diz não ter ganho verba pública

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Mario Frias, o ex-secretário especial da Cultura, e diversas outras redes bolsonaristas estão divulgando um vídeo no qual Daniela Mercury afirma que nunca ganhou dinheiro de governo qualquer. Uma consulta ao site da Lei Rouanet, contudo, mostra que entre 2015 e 2016 ela captou R$ 270 mil para a gravação de um disco.

A assessoria da cantora afirmou que tal verba não é governamental, por vir de empresas privadas. No entanto, o dinheiro para projetos da Rouanet é, sim, verba pública, obtida por meio da renúncia fiscal de impostos devidos pelas empresas.

A diferença é que esse dinheiro não é patrocínio direto do governo, como no caso de editais.

A cantora está no meio de uma polêmica esta semana por ter recebido dinheiro da prefeitura de São Paulo para a realização de um show em evento pró-Lula.

O projeto da Rouanet previa um disco a "ser gravado em estúdio, mesclando composições autorais, criadas especialmente para o projeto, com a parceria de novos talentos e a releitura de grandes clássicos da MPB."

Há também um outro projeto de Daniela Mercury inscrito na Rouanet, para dez shows acústicos da cantora, em 2013, mas este não captou nenhum real dos R$ 1,8 milhões aprovados para captação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos