Curioso sobre cosméticos à base de maconha? Já tem liberado no Brasil

Ava Freitas
·2 minuto de leitura

Depois de chamar bastante atenção por suas propriedades medicinais, como no tratamento de pacientes terminais de câncer, o óleo de canabidiol – extraído da planta maconha – conquistou a indústria cosmética por suas propriedades rejuvenescedoras. Acontece que seu uso no Brasil ainda é ilegal. Mas a boa notícia é que ele tem um substituto à altura disponível em farmácias de manipulação.

O CB2TM é um fitocabinoide, assim como o canabidiol, só que não é extraído ou derivado da maconha. O ativo é retirado do patchouli, possuindo até mesmo a fragrância dessa planta, muito usada na elaboração de perfumes.

Leia também

“Ele é voltado para quem busca uma pele tonificada e rejuvenescida e age por meio do estímulo ao sistema endocanabinoide da pele”, afirma a médica dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Segundo Claudia, na pele e em outros tecidos não neuronais, são encontrados receptores CB2, cuja principal função é controlar propriedades inflamatórias. O uso do CB2™ estimula o receptor CB2, liberando beta-endorfina, que é responsável pelo equilíbrio e pela manutenção do tecido cutâneo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“Como resultado, há uma ação imunomoduladora do ponto de vista inflamatório, com consequente diminuição da inflamação e dos sinais de envelhecimento da pele, como rugas e linhas de expressão”, explica a dermatologista.

A médica ainda explica que o CB2™, em concentração entre 1% e 5%, é muito eficaz na eliminação dos radicais livres, o que barra o fotoenvelhecimento. A substância ainda revitaliza as lesões cutâneas induzidas pela exposição à radiação ultravioleta. “O ingrediente atua na prevenção e na redução dos sinais do envelhecimento precoce por meio da diminuição do estresse oxidativo, do aumento das fibras de colágeno e elastina e da manutenção da integridade celular da pele”, diz a dermatologista.

Em concentrações mais altas, de acordo com Claudia, o CB2™ também é capaz de controlar infecções e odores na pele de pacientes que sofrem úlceras e abrasões, além de acelerar a cicatrização de lesões.

Com tantos benefícios, o ativo pode entrar nas formulações de espumas, mousses, produtos capilares, séruns e cremes. Mas para saber se ele é indicado para você e como tirar melhor proveito da substância, o indicado é, antes de mais nada, consultar-se com um médico dermatologista.