Após 24 rodadas, Cruzeiro tem pontuação inferior a do Atlético-MG rebaixado, em 2005

Jogadores do Cruzeiro lamentam campanha na Série A (Fernando Moreno/AGIF)

Sem vencer há sete rodadas, Cruzeiro amarga a 18ª posição no Campeonato Brasileiro, com 21 pontos. A luta para escapar de seu primeiro rebaixamento se complica a cada partida, sendo potencializada pela crise fora das quatro linhas.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Principal rival da Raposa, o Atlético-MG também viveu um ano complicado quando foi rebaixado, em 2005. Após 24 rodadas, o Galo ocupava a mesma 18ª posição do Cruzeiro, porém, com uma pontuação superior. Enquanto a Raposa tem 21 pontos, o Alvinegro, com o mesmo número de jogos, já somava 25, mesmo número do CSA, primeiro clube de 2019 fora da zona do rebaixamento.

Leia também:

Assim como o Cruzeiro de 2019, que já está está em seu terceiro treinador (Mano Menezes, Rogério Ceni e Abel Braga), o Atlético-MG, no ano de seu rebaixamento, também teve muitas trocas de comando. Na temporada de 2005, passaram pelo Galo os técnicos Procópio Cardoso, Tite, Marco Aurélio e Lori Sandri.

Segundo o site do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais, a Raposa tem 28,1% de permanecer na elite do futebol nacional. O América-MG, que está na quarta posição da Série B, tem hoje mais chances de disputar a primeira divisão, com 41,9%.

Veja mais de Marcelo Guimarães no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter