Criticada por beijão, professora de Tierry desabafa: "Consciência tranquila"

Carla e Tierry se beijaram na
Carla e Tierry se beijaram na "Dança dos Famosos" (Foto: Reprodução/Instagram/Globo)

O beijo de língua de Tierry e Carla Bruno na "Dança dos Famosos" deste domingo (15) dividiu opiniões. Muitas pessoas acharam apelativo e sem necessidade. A bailarina, então, usou o seu perfil do Instagram para rebater os comentários negativos.

"A música fala 'beijar, beijar, beijar', vocês não acharam que a coreografia seria pulando amarelinha, né?", iniciou ela, que dançou com Tierry a música "Ela só pensa em beijar", do MC Leozinho, na ocasião. Apesar do show, a dupla não recebeu notas altas e caiu na repescagem com Vitão, Xande de Pilares, Ana Furtado, Gkay e Zezé Polessa.

No texto, Carol diz que está satisfeita com a apresentação apesar de tudo. "Independente de resultado de competição, o que prevalece é a certeza de que só a gente sabe o real valor de entregar e concluir mais uma semana. É tanta coisa que ninguém faz ideia… Sigo com a paz da consciência tranquila, e é isso. Deus sabe de todas as coisas sempre!", desabafou.

Antes de iniciar a dança, Tierry explicou que não conseguiu comparecer aos ensaios da semana. Sendo assim, ele e Carol só repassaram a coreografia duas vezes antes do "valendo" de Luciano Huck no "Domingão".

O beijão ao vivo virou assunto, pois o público já cogitava um romance entre o artista e a bailarina. O jornalista Leo Dias chegou a noticiar que eles teriam beijado nos ensaios do programa antes da apresentação. Agora fica a dúvida: o beijo foi uma maneira de confirmar que está rolando algo ou fez apenas parte da coreografia?

O sertanejo terminou o noivado com a cantora Gabi Martins em janeiro deste ano, mas disse ao Extra que é apenas amigo de Carla. "Nós somos amigos. E essa torcida, os shipps, isso tudo é normal. Só não gosto quando tornam tóxico essa torcida, ficam naquela de "encontro de almas". Tenho trauma. Eu estou solteiro agora, não estou pronto para me envolver sentimentalmente com ninguém", afirmou.