Cristiano Ronaldo lamenta morte de um dos gêmeos esperados pela namorada

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 26.06.2014 - O atacante da seleção portuguesa e do Manchester United Cristiano Ronaldo. (Foto: Sergio Lima/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 26.06.2014 - O atacante da seleção portuguesa e do Manchester United Cristiano Ronaldo. (Foto: Sergio Lima/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O jogador português Cristiano Ronaldo, 36, do Manchester United, e a namorada, a modelo Georgina Rodríguez, 28, anunciaram a morte de um dos bebês que estavam esperando nas redes sociais, nesta segunda-feira (18).

"É com a mais profunda tristeza que comunicamos o falecimento do nosso bebê. É a maior dor que quaisquer pais podem sentir. Só o nascimento da nossa bebê nos dá forças para viver este momento com alguma esperança e felicidade", diz o comunicado.

O casal agradeceu aos médicos e enfermeiros todo o cuidado e apoio disponibilizado e falou da tristeza com a perda. "Estamos devastados e pedimos privacidade neste momento tão difícil. Nosso menino, és o nosso anjo. Vamos amar-te para sempre."

O jogador compartilhou nas redes sociais que seria pai de gêmeos, em outubro do ano passado. Na época, ele compartilhou uma foto ao lado da namorada segurando o exame de ultrassom.

"É um prazer anunciar que estamos esperando gêmeos. Nossos corações estão cheios de amor - mal podemos esperar para conhecê-lo", escreveu o jogador na época no Instagram.

Georgina tem a filha Alana de três anos com o jogador. O jogador de futebol também é pai de Cristiano Jr., 11, e os gêmeos Eva e Mateo, 4.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos