Cristiana Oliveira relembra rejeição na adolescência: ''Me causou medo''

<p>Fotos: Beatriz Damy / AgNews</p>
Cristiana Oliveira lançou uma autobiografia (Fotos: Beatriz Damy/AgNews)

Cristiana Oliveira está lançando uma autobiografia, 'Cristiana Oliveira: Versões de uma Vida', em que conta sobre os momentos de baixa autoestima e os traumas que viveu ao longa da vida. Ao participar do "Encontro", nesta segunda-feira (23), a atriz relembrou um episódio da adolescência em que foi ofendida em uma aula de balé clássico por causa de seu peso.

Na época, a professora teria lhe dito que ela precisaria "cortar os ossos" para ser bailarina. "Isso gerou em mim uma consciência que eu talvez não correspondesse àquilo que minha professora falava, me causou medo e o espelho passou a ser meu inimigo", contou.

O trauma acompanhou a artista ao longo de toda a sua vida, de maneira que ela precisava ouvir do outro algo positivo pra se sentir melhor e validar seu caráter. Entretanto, a situação mudou depois dos 40 anos, quando ela entendeu que não precisava suprir as expectativas das pessoas.

"Num determinado ponto você começa a perceber que isso é uma grande besteira e que você está perdendo vida por estar o tempo todo querendo ser o que o outro quer que você seja", disse. "Eu falei: 'Parou! Chega. Você já teve seus vícios, anorexia, transformou sua vida em uma coisa só'. Eu era uma chata e só falava em emagrecer. 'Pelo amor de Deus, Cristiana! Para de ser arrogante, nunca vai ser perfeita'."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos