Crianças procuram delegacia após vizinha tomar bola de futebol

Delegado comprou uma bola após vizinha ficar com a antiga dos garotos. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um grupo de meninos impressionou o delegado da unidade Regional de Presidente Dutra, no Maranhão, nordeste do país na tarde da última quinta. O grupo de garotos procuraram a delegacia para 'denunciar" uma vizinha que teria tomado a bola de futebol do grupo que jogava na rua após as crianças acertarem a porta da mulher.

O delegado César Ferro contou que o grupo de 5 meninos chegou na unidade dizendo que queria falar com ele para resolver um problema. Ao entrarem na sala de César, as crianças pediram para que o delegado pegasse a bola de volta com a vizinha.

Leia também

“Eles me disseram que enquanto jogavam, a bola bateu sem querer na porta da vizinha. E ela chateada, tomou a bola e disse que não iria devolver”, explicou.

Ao ser informado pelas crianças que a bola era velha e murcha, César e seus colegas resolveram doar uma bola nova para o grupo. O delegado disse ter ficado surpreso com a atitude dos meninos de procurar a delegacia para resolver o problema.

“Eu achei inusitado por se tratar de crianças. E é inédito para nós. Fizemos a doação da bola para que eles pudessem continuar a brincar, mas advertimos o grupo para que tomassem cuidado para não acertar outras portas, ou janelas”, afirmou.

A vizinha também recebeu recomendações.

“Pedimos também a vizinha que não tomasse a bola das crianças novamente”, contou em tom de brincadeira.

O delegado concluiu reafirmando a surpresa dele pela atitude das crianças.

“O que mais chamou a atenção foi crianças de 7, 8 anos, procurarem a Polícia Civil para resolver seus problemas. Aqui na cidade nós temos uma relação bem estreita com a população, mas este caso é inédito aqui.”

do Jornal Extra