Crianças a partir dos 4 anos terão aulas sobre consentimento sexual no Reino Unido

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

O abuso sexual infantil é uma dura realidade e o Reino Unido está buscando informar os pequenos sobre como se defender. O Departamento de Educação resolveu atualizar seu plano de estudo sobre educação sexual após 18 anos e agora, crianças a partir dos 4 anos aprenderão sobre limites de consentimento.

Leia mais: Direção de escola pede que adolescente coloque adesivo nos seios para não “distrair os meninos”

A nova grade estudantil irá informar as crianças sobre a pressão que possam sofrer online ou através de pessoas à sua volta. Saber como identificar o abuso sexual será o foco das aulas e a iniciativa surgiu após uma pesquisa da BBC apontar que quase 30 mil crianças relataram já terem sido abusadas.

Espera-se que os pequenos tenham uma noção mais clara dos direitos que possuem sobre os próprios corpos e também como agir caso esses direitos sejam violados. “É essencial que todas as crianças saibam sobre seus direitos e que nada lhes aconteça sem o consentimento delas”, diz Damian Hinds, secretário da educação.

Leia mais: Visando acabar com a violência, escola oferece dinheiro para que alunos não briguem

“Esta orientação foi atualizada pela última vez antes das crianças que estão na escola nascerem. A nova orientação garantirá que as lições ensinem as crianças e jovens a reconhecerem quando outra pessoa não deu seu consentimento e, mais importante, por que não devem pressionar outra pessoa a fazer algo que não querem”, completa.