Criança de 10 anos morre ao ser atacada por cachorros

Multidão acompanha os desdobramentos do caso na Zona Sul da capital paulista (Foto: Reprodução/Veja SP)

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Ele entrou em um terreno para resgatar pipa e se deparou com os animais

  • Jovem de 20 anos ficou ferido ao tentar resgatá-lo

O pequeno Luiz Fernando Teixeira, de 10 anos de idade, morreu na tarde de quarta-feira (25) após ser atacado por seis cachorros em Americanópolis, bairro na Zona Sul de São Paulo.

Ele estava brincando em um parque na região quando a pipa que empinava caiu no terreno abandonado de uma antiga garagem de ônibus desativada. O menino pulou o muro na intenção de recuperar o brinquedo, e lá dentro se deparou com os animais que guardavam o local. De acordo com os agentes que atenderam a ocorrência, ele foi atacado por quatro pitbulls, um rottweiler e um vira-lata.

O Corpo de Bombeiros informa que um homem de 20 anos ficou ferido ao tentar salvar a criança. Ele foi conduzido ao PS do Hospital Saboya, no bairro Jabaquara, e no momento seu estado de saúde é estável.

Durante o ataque, a Polícia Militar também foi acionada. Na tentativa de resgatar o menino, os policiais mataram três dos cachorros a tiros.

Ao jornal Agora, a mãe de Luiz Fernando lamentou a morte do filho e disse que a família estava com as malas prontas para viajar no réveillon:

"Sábado iria para o Rio de Janeiro. Estou com a mala arrumada, tudo pronto, mas agora acabou. Não tem mais viagem. Só meu filho que viajou sem mim”, disse Rita de Cássia Teixeira dos Santos, de 50 anos.