Crianças dão as boas vindas a Fu Bao, primeira panda nascida na Coreia do Sul

Por Hyonhee Shin e Minwoo Park
·1 minuto de leitura
Panda Fu Bao em Yongin, na Coreia do Sul
Panda Fu Bao em Yongin, na Coreia do Sul

Por Hyonhee Shin e Minwoo Park

SEUL (Reuters) - A primeira panda nascida na Coreia do Sul foi apresentada a um grupo de crianças e repórteres privilegiados nesta quarta-feira e batizada de Fu Bao, que significa tesouro sortudo.

Fu Bao, que nasceu três meses atrás, parecia saudável e feliz, ainda que um pouco tímida, quando o zoológico a apresentou às crianças, que usavam camisetas de panda e máscaras, em seu lar no parque temático de Everland.

"Nós te amamos, Fu Bao", gritaram as crianças.

Os país de Fu Bao, a fêmea de sete anos Ai Bao e o macho de oito anos Le Bao, chegaram em 2016 vindos da província chinesa de Sichuan, lar dos pandas gigantes, como parte da "diplomacia do panda" da China.

Os pandas gigantes são uma das espécies mais ameaçadas do mundo, e o nascimento de um filhote é algo a ser comemorado.

As pandas fêmeas só podem conceber uma vez por ano por um período limitado, e os filhotes têm chances de sobrevivência muito baixas, já que muitas vezes são prematuros, normalmente pesando menos de 200 gramas.

Fu Bao pesava 197 gramas e tinha 16,5 centímetros de comprimento ao nascer, mas cresce rápido e agora pesa 5,8 quilos e tem 58,5 centímetros de comprimento, disse o Everland.

"Ela está crescendo rapidamente, começou a ter dentição e a se sentar sozinha antes de seu 100º dia", informou o zoológico em um comunicado.

Cerca de 50 mil pessoas participaram de uma enquete para escolher o nome de Fu Bao.

O zoológico disse que ela fará sua estreia pública nas próximas semanas, quando poderá andar e comer bambu. Ela deve voltar à China em três ou quatro anos.