Críticos de cinema elogiam retorno de Tom Cruise na sequência de “Top Gun”

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Tom Cruise na pré-estreia mundial de "Top Gun: Maverick" em San Diego
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Lisa Richwine

LOS ANGELES (Reuters) - Foram 36 anos até Tom Cruise retornar à zona de perigo para levar a sequência de “Top Gun - Ases Indomáveis” à telona, e as primeiras resenhas dos críticos dizem que valeu a pena esperar.

“Top Gun: Maverick” recebeu 96% de críticas positivas no agregador de avaliações Rotten Tomatoes, entre 57 resenhas, até esta quinta-feira. O filme estreia nos cinemas em 27 de maio.

Cruise retorna como Pete Mitchell, o arrogante piloto da Marinha, codinome Maverick, que nunca subiu na hierarquia por causa de sua propensão a desafiar a autoridade.

Mark Kennedy, da Associated Press, disse que o filme é um “exemplo clássico de como se fazer uma sequência”.

Críticos dizem que o filme apresenta empolgantes cenas de voo, uma história emocionante e atuações fortes do elenco coadjuvante, incluindo Miles Teller, que faz o filho do Ganso, parceiro de Maverick que morreu no filme original de 1986.

Mas a maioria dos elogios foi reservada para Cruise.

“É um polimento fresco ao original... alimentado, como o original, por uma estrela que simplesmente nunca para de ser uma estrela”, escreveu K. Austin Collins, da Rolling Stone.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos