Crítica Insiders | Reality da Netflix entretém com manipulação e intensidade

·3 min de leitura

Quando você acha que já existem todos os formatos possíveis de reality show, chega a Netflix com mais uma estreia surpreendente. O programa da vez é Insiders, produção original da Espanha que faz um grande experimento com os participantes. Desde o início, os jovens escolhidos para participar da atração são enganados e manipulados, trazendo uma experiência que, na prática, é um tanto quanto esquisita.

A premissa principal da série é a de que os participantes acreditam estar em uma seleção de elenco para um suposto novo reality show da Netflix, enquanto, na verdade, já estão nele desde o início. Como parte desse processo, eles precisam passar alguns dias em uma casa improvisada, convivendo 24 horas por dia e monitorados por câmeras, teoricamente sem saber disso.

<em>Imagem: Divulgação/Netflix</em>
Imagem: Divulgação/Netflix

Atenção: esta matéria conta com spoilers de Insiders!

A manipulação da produção do reality show acontece do começo ao fim, o que se fosse em qualquer outro programa seria uma crítica negativa. Em Insiders, no entanto, os participantes precisam ser enganados para que o plano dê certo e o entretenimento seja entregue. Chegando na tal casa, eles ainda veem a produção andando por todos os lados, conversando com eles, fazendo supostos reparos no cenário, entre outras coisas, enquanto se conhecem.

A escolha dos personagens foi crucial para que o reality show funcionasse, sendo todos bastante intensos e dispostos a fazerem de tudo para serem classificados para o programa e, depois que descobrem a verdade, vencer. O ganhador do programa irá levar para casa a quantia de 100 mil euros, e os participantes não economizam esforços para traçar seus planos, como a formação de alianças, promessas e esquemas que podem prejudicar uns para beneficiar outros.

A produção também não se policia para fazer todo mundo de trouxa. Esses planos envolvem colocar uma atriz infiltrada entre os participantes para causar um pequeno caos, usar uma pessoa da produção para fingir que foi demitida por culpa deles e até inventar que eles estão sendo monitorados por um software surreal que define suas características e sentimentos 24 horas por dia, ideal para a decisão de quem será selecionado ou não.

<em>Imagem: Divulgação/Netflix</em>
Imagem: Divulgação/Netflix

Em Insiders, tudo acontece muito rápido e em pouco tempo e, na maioria das vezes, parece que não há regra nenhuma e que a produção está inventando as normas minutos antes de acontecerem. A proposta, claramente, é funcionar como um irmão perdido e rebelde do Big Brother, não se importando em ser perfeito e funcionar mediante um plano harmonioso. Mas, assim como em edições do "grande irmão" pelo mundo, a convivência é a peça-chave para o entretenimento, e vemos as pessoas ali dentro em todas as suas vulnerabilidades.

No reality espanhol, no entanto, o fato de os participantes não saberem que estão sendo filmados desde o começo traz conteúdos únicos, como quando uma das garotas está praticamente traindo o namorado com outro participante. Na entrevista antes de começar a "seletiva", ela diz que traição é imperdoável, o que deixa os momentos de flerte mais curiosos. Quando ela descobre que estava sendo filmada, não faltou um espetáculo de choro, desespero e declarações de amor.

Todo o entretenimento gerado pelos participantes é exatamente o que o reality show buscava: pessoas dispostas a fazer de tudo para ganhar 100 mil euros, desde atirar em um coelho indefeso (o que não aconteceu de fato, claro), até segurar um segredo dos participantes, confessado pela produção, para seguir até o fim com essa vantagem. Tudo isso acontece sob a narração teatral e misteriosa da apresentadora Najwa Nimri, conhecida por interpretar a inspetora Alicia Sierra em La Casa de Papel.

<em>Imagem: Divulgação/Netflix</em>
Imagem: Divulgação/Netflix

A primeira temporada de Insiders já está disponível na Netflix.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos