Corrida presidencial de Kanye West foi 'a gota d'água' para Kim Kardashian

·2 minuto de leitura
Kim Kardashian and Kanye West attending the Vanity Fair Oscar Party held at the Wallis Annenberg Center for the Performing Arts in Beverly Hills, Los Angeles, California, USA. (Photo by Ian West/PA Images via Getty Images)
Corrida presidencial de Kanye West foi 'a gota d'água' para Kim Kardashian. Foto: Ketty Images

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após revelar que o casal Kanye West, 43, e Kim Kardashian, 40, estão preparando os papéis para o divórcio, o site americano Page Six afirma que a socialite fazia de tudo para salvar o casamento conturbado. A gota d'água para ela foi a candidatura de West à presidência dos Estados Unidos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

O rapper levou a sério a tentativa de chegar à Casa Branca. Ele investiu cerca de 9 milhões de libras (R$ 66 milhões) em sua campanha eleitoral. O valor exorbitante, no entanto, não rendeu o resultado esperado, já que ele teve apenas 60 mil votos, e Joe Biden foi declarado vencedor.

Após esse episódio, Kardashian percebeu que ela "precisava terminar o casamento por causa de seus filhos e de sua própria sanidade", segundo uma fonte que conversou com o site.

Leia também

No ano passado, West começou a dar declarações polêmicas durante a sua campanha. Primeiro, ele alegou que Harriet Tubman, abolicionista ex-escravizada, "nunca realmente libertou os escravos". Depois disso, chamou Kris Jenner de "Kris Jong-Un" no Twitter e afirmou que a família da milher estava tentando forçá-lo a um tratamento psiquiátrico.

O fato de Kardashian nunca ter falado publicamente sobre a candidatura de West foi um sinal de que ela nunca aprovou, de fato, a ideia do marido, segundo o site. "Kim apoiou muito Kanye durante sua luta com sua saúde mental. Mas ela sabe que tem que fazer a coisa certa pelos filhos ".

Kardashian, 40, contratou a advogada de divórcio Laura Wasser, que a está ajudando a negociar um acordo confidencial antes de um pedido de divórcio. Ela e West, 43, têm um acordo pré-nupcial, mas ainda não chegaram à fase de acerto das finanças ou da custódia dos quatro filhos.

Wasser já representou Angelina Jolie, Britney Spears e Johnny Depp em processos de separação. A advogada cuidou também do divórcio de Kardashian do jogador de basquete Kris Humphries, com que foi casada de 2011 a 2013.

Os rumores sobre o fim do relacionamento entre a empresária e o rapper aumentaram nas últimas semanas na mídia americana, após ela ser vista sem a aliança de casamento. Além disso, Kanye West permaneceu em seu rancho em Wyoming durante as festas de fim de ano.

Ainda segundo o tabloide, Kim Kardashian quer se tornar advogada e seguir com a sua campanha para reformar o sistema penitenciário norte-americano. "Enquanto isso, Kanye está falando sobre concorrer à Presidência e dizer outras coisas malucas, e ela está farta disso", completou a fonte.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube