Coronavírus: Governo de SP investiga outras quatro mortes suspeitas

Infectologista David Uip confirmou que outros 4 casos estão em investigação. (Foto: Reprodução/YouTube/Governo do Estado de SP)

A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo investiga se outras quatro mortes estão relacionadas ao novo coronavírus no Brasil. O país registrou, nesta terça, a primeira morte confirmada pela Covid-19. Ao todo, são 162 casos confirmados no Estado de São Paulo, sendo 154 somente na Grande SP.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

O paciente, segundo informações do Governo do Estado de SP dada em coletiva no início da tarde desta terça-feira (17), era homem de 62 anos. A vítima não tinha histórico de viagem, mas apresentava duas condições pré-existentes que o colocavam no grupo de risco da doença: diabetes e hipertensão.

Leia também:

A vítima confirmada teria apresentado os sintomas no dia 10 de março, dado entrada na internação no hospital particular no dia 14 de março e falecido nesta segunda (16). As quatro mortes sob investigação ocorreram na mesma rede de hospitais onde estava internado a 1ª vítima fatal da covid-19. No entanto, não há confirmação de que os quatro estariam na mesma unidade.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

O coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus de São Paulo, o infectologista David Uip, informou que outras quatro mortes estão sendo investigadas por suspeita de terem sido provocadas pelo vírus. Ainda não há confirmação.

“Infelizmente o ocorrido foi o primeiro óbito aqui. Um homem morador de São Paulo internado num hospital privado e o diagnóstico de coronavírus foi feito também por um laboratório privado. Ele veio a óbito ontem 16h03 e não tem histórico. Fomos informados oficialmente hoje às 10h. Existem quatro outros óbitos neste mesmo serviço particular que estão sendo investigados. Assim que tivermos informações sendo ou não coronavírus vamos informá-los”, afirmou Uip.

De acordo com o governo, atualmente, há cerca de 30 pacientes graves no estado de São Paulo, entre hospitais da rede pública e privada.

Um óbito ocorrido de um paciente vindo de uma unidade de saúde no Tatuapé foi descartado para o novo coronavírus, e apontado como provocado pelo vírus Influenza.

De acordo com o último boletim do Ministério da Saúde, da tarde de segunda-feira (16), o Brasil tem 234 casos confirmados da doença. No entanto, no momento da confirmação da morte do 1º paciente, as atualizações das secretarias de saúde dos Estados relatavam 301 pessoas confirmadas com covid-19.