Cardi B com medo do coronavírus nos representa: “Lavaram as mãos?”

Cardi B nos representa com medo de ser infectada pelo covid-19 (CHRISTOPHE ARCHAMBAULT/AFP via Getty Images)

Você pode não saber muito bem quem é Cardi B, mas com certeza já deve ter visto algum meme com ela passar pela sua timeline nas redes sociais. Cantora, rapper de maior ascensão no mundo, a artista tem se destacado ao comentar sobre as infecções do covid-19, o novo coronavírus, em suas redes sociais e reunimos alguns momentos que que você pode se identificar.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Há alguns dias a cantora compartilhou um vídeo com os seguidores levantando pontos de alerta. Os vídeos viralizaram e o público começou a fazer memes com a reação da cantora e seu medo de ser contaminada, o que nos representa muito. "Os mesmos vídeos e piadas de antes, mas já lavaram suas mãos?", questionou no Twitter.

Leia também

Money, money

“Eu sei que essa merda de vírus realmente está acontecendo assim que a economia dos países começam a cair. É aí que a gente tem a confirmação que isso é real. Não há nada que essas empresas de brancos mais odeiam do que perder dinheiro", avisou.

Quarentena

“Me avisem para que eu possa começar a estocar comida e fazer minhas malas para eu poder mudar para a Antártica. Por que paerce que a gente vai vvier uma cena de 'Bird Box'. Pensei em me mudar, mas isso está em todos os cantos e sei que ninguém vai para a Antártica. Mas eu vou (risos)”, brincou.

Transmissão

“Não entendo como essa merda estava nun local isolado na China e do nada ele entrou em turnê mundial. Outra coisa: estou com um pouco de medo. Vocês ficam fazendo piada com isso, eu estava também, mas se você acha que é imune ao vírus? não é, querida”, lembrou.

Fake news

“A maioria das coisas que você compra vem da china: seu vestido, sua peruca... advinha? Coronavírus! Esse bagulho é real!”, alertou. Cardi não está 100% equivocada. O novo coronavírus consegue sobreviver em ambientes plásticos, mas apenas por 72h. Em materiais como papelão esse prazo é de 24h. Ou seja, o vírus já morreu quando suas compras chegarem de países estrangeiros.