Coronavírus: Idosos tentam 'fugir' na quarentena e viralizam; vídeos de moradora de Santos superam 4 milhões de visualizçaões

Marjoriê Cristine
Idosos tentam sair de casa na quarentena do coronavírus e viralizam

A principal mensagem ecoada no isolamento social obrigatório devido à pandemia do novo coronavírus tem apenas três palavras: "Fique em casa". Mas para os idosos, que são o maior grupo de risco em meio ao grande número de infectados pela Covid-19 no mundo, têm sido difícil permanecer trancado em suas residências. Muitos já tentaram dar aquela fugidinha e seus parentes gravaram vídeos que viralizaram nas redes sociais nos últimos dias. Teve um senhor que usou uma chave de fenda para abrir a porta trancada, enquanto uma idosa resolveu tentar passar pelo vão entre o chão e o portão. Em outra imagem, um homem sobe em cima de uma pia na área de serviço para pular o muro. Já uma mulher xinga a própria filha e faz até um gesto obsceno para demonstrar seu descontentamento.

Mas é em Santos, no litoral de São Paulo, que mora a maior "celebridade da internet" dos idosos teimosos e fujões. Julia Alves de Queiroz, de 78 anos, sempre foi muito ativa. Quando não está cozinha fazendo pratos deliciosos, ela bate perna diariamente na rua para ir ao mercado, à farmácia, à praia e à igreja. No entanto, o seu divertimento foi barrado após as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para que as medidas de quarentena e isolamento sejam tomados para evitar ainda mais a propagação do coronavírus e suas consequências.

Leia também

Cuidadores contratados: 

Além da idade, dona Julia é hipertensa, assim como seu marido, José Souza, de 82 anos. Para ajudar a conscientizar os próprios avós e outros idosos, a biomédica Erika Malentacchi resolveu fazer vídeos divertidos para mostrar o sofrimento que passam para manter os idosos em casa.

— Sempre usei meus canais nas redes sociais para divulgar informações sobre a doença. A minha avó é super teimosa e está no grupo de risco, mas está desesperada de ficar em casa. Liguei para minha mãe e pedi para ela gravar um vídeo da minha avó. A ideia era aproveitar a teimosia dela para conscientizar as demais pessoas e ajudar. Não imaginávamos que teria tanta repercussão em pouco tempo — diz Erika, que tem 34 anos.

Retiro dos Artistas:

Mais de 4 milhões de vizualizações

Foram três publicados até o momento. O primeiro dele, com dona Julia amarrada em uma cadeira para não sair, já rendeu mais de 2 milhões de visualizações só no Facebook. O segundo vídeo que ultrapassou a marca mostrava a idosa tentando sair de casa pelo elevador para comprar pastel. Só no Tik Tok, a nova sensação das redes sociais, já foram mais de 2 milhões de views. Isso dá um total de mais de 4 milhões de interações, fora os mais de 60 mil compartilhamentos. A família levou um choque, mas a protagonista gostou de saber que seus vídeos são um sucesso na internet.

— Ela sabe que os vídeos são um sucesso e adorou. E uma senhorinha, né? Está carente, não aguenta mais ficar em casa e todo mundo quer ver o que ela vai "aprontar". Amigos, desconhecidos... é muita gente mandando prints, fazendo comentários e demonstrando um carinho por ela. Mas foi surpreendente tudo. Fiquei chocada quando recebi em um grupo de amigos os vídeos da minha avó (risos) — afirma a neta. — Por ela ser muito teimosa, ficar em casa tem sido um tormento. Os vídeos são engraçados, tem gente me pedindo "põe tela na janela", mas ela não vai pular.

Neto infecta avô:

Aliás, dona Julia até "ameaçou" pular da janela quando foi pedir para o porteiro do seu prédio, seu Renato, para ajudá-la a sair de casa. Ela mora com o marido e com a filha, Iara, de 58 anos, mãe da biomédica, e que agora virou babá dos pais para vigiar e proibi-los de sair de casa. Confira a fala no vídeo da dona Julia:

"Vou pedir para o Renato me tirar daqui, não aguento mais ficar aqui. Não vou ficar, já estou cansada de ficar aqui dentro de casa. Olha lá as velinhas passeando e eu aqui. Só fico na janela como uma doida. Uma pessoa com toda a liberdade e agora estou presa dentro de casa? O que está acontecendo nesse mundo? Olha, eu vou pular da janela ainda. Não quero mais ficar presa. Eu vou fugir, quando você menos esperar, eu vou estar lá na rua" disse a idosa.

Vacina suspensa no Rio:

Erika promete fazer mais imagens da avó e divulgá-las nas redes sociais. A biomédica deixa o alerta para que todos cuidem dos idosos, que ainda são os mais afetados pelo coronavírus no mundo.

— O meu avô foge escondido. Vai na Lotérica, vai para casa do vizinho. Minha mãe tem que ficar de olho nos dois. Mas é um cuidado que devemos ter. Como profissional da saúde, eu sei da importância do isolamento. Eu defendo a quarentena vertical para proteger mais eles, que são sim os mais afetados. Precisamos proteger eles. Como esses vídeos, quero mostrar a importância de ficar em casa, porque sei que tem muito idoso que assiste. Achei que seria valido — diz.