Corinthians não produziu e mereceu derrota contra o 'limitado' Guaraní

Jogadores do Corinthians pedem impedimento no gol de Morel (AP Photo/Jorge Saenz)

O Corinthians não foi bem e perdeu para o Guarani-PAR em sua estreia na Pré-Libertadores, em Assunção. O time de Tiago Nunes foi travado pelo adversário e não teve contundência, intensidade e criação de jogadas para vazar a equipe paraguaia. A derrota de 1 a 0 obriga o Corinthians a vencer por dois gols em Itaquera, para seguir no torneio.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

Tiago Nunes escalou a mesma formação que atropelou o Santos pelo Paulista. Só que no domingo, o Corinthians fez dois gols em cada início de tempo e matou o rival. O Guarani não foi o Santos. Fez o gol e se fechou, dando a bola para o Corinthians e marcando muito bem.

Leia também:

Camacho e Cantillo tentaram começar as jogadas com bolas rápidas e passes, mas os companheiros não ajudaram. Luan não conseguiu dar dinâmica ao setor de meio-campo e encostou pouco no ataque. O trio ofensivo com Janderson, Boselli e Everaldo só teve o centroavante com potencial para decidir. O argentino acertou a trave do Guarani, na melhor chance corintiana, numa bola que veio do zagueiro paraguaio. Os laterais apoiaram pouco. Fagner sofreu com as investidas por seu lado e Sidcley ainda está sem ritmo de jogo, claramente.

O Corinthians terminou a partida com muita posse de bola e volume, mas com poucas oportunidades de gols. Agora, viverá sua primeira semana mais tensa, tendo que superar a esperada retranca para o confronto de volta. Tecnicamente, o Corinthians é superior e favorito para ganhar, acontece que só vencer pode não ser suficiente. É preciso mais futebol e qualidade para definir. Acho que Tiago e diretoria não imaginavam essa forte pressão logo no início da temporada. A conferir.

Veja mais de Alexandre Praetzel no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter