Convidada negra que serviu cocada no É de Casa defende apresentadora

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Em meio à repercussão sobre a sua participação no É de Casa (Globo) do último sábado (11), a doceira Silene usou as redes sociais para defender a apresentadora Talitha Morete. O programa levantou uma discussão nacional sobre racismo estrutural quando mostrou Talitha pedindo para a cozinheira, a única convidada negra, levantar-se de onde estava para servir as outras pessoas no estúdio.

O vídeo viralizou e, horas depois, a apresentadora publicou no Instagram um pedido de desculpas no qual assume seu erro e afirme que pretende transformar o episódio "em aprendizado e num compromisso

de vigília antirracista constante".

Nesta quarta-feira (15), Silene usou os Stories da mesma rede para dizer que, a princípio, não entendeu o motivo de tanto debate. "Fui surpreendida por muitas mensagens e apoios (...) não tinha entendido o por quê! Ainda estou meio perdida", escreveu. Ela ainda ressaltou que não se sentiu menosprezada com a situação. "Não escrevo para diminuir ou banalizar as dores de ninguém, pois sei que muitos se sentiram machucados com a cena, mas naquele momento eu não tive esse sentimento."

A cozinheira, que conheceu Talitha no salão de beleza, no Rio de Janeiro, onde vende suas cocadas, disse ter sido bem recebida e acolhida no programa e saiu em defesa da jornalista. "Peço a todos que não a ataquem. A todos vocês que estão chegando agora, vão me conhecer e saber que eu sou da paz, meu propósito não é guerra!".

Ela também fez questão de agradecer a atitude de Manoel Soares (o único apresentador negro da atração), que interveio quando Talitha pediu para Sirlene servir os demais convidados. "Quero deixar também a minha gratidão e meu abraço para o Manoel, pela gentileza e todo cuidado que teve."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos