Contra haters, Luisa Sonza dá recado pesado: "Não sei se esse veneno não vai me matar"

Uma das performers do Prêmio Multishow, Luisa Sonza surpreendeu ao dar um recado pesado para os haters que a atacam nas redes sociais. A cantora sempre foi muito aberta ao falar sobre suas questões de saúde mental e a crise que teve após os ataques que recebeu nos últimos anos, e afirmou que tenta tirar forças até do que é negativo.

Na introdução de sua nova música, "Anaconda", Luisa falou sobre o ódio que recebeu e afirmou que teme que ele a enfraqueça em vez de fortalecer. "Esse veneno de vocês me fez chegar até aqui, mas não sei até que ponto ele não vai me matar", disparou.

Na apresentação, a cantora fez um medley de músicas de seu álbum mais recente, "Doce 22".

Crises de saúde mental

Capa da edição deste mês da ‘J.P’, Luísa Sonza contou durante entrevista à revista, sobre como lida com os ataques de haters nas redes sociais, e como isso afeta a sua saúde mental. “Minha terapeuta me acompanha o tempo todo e tomo ansiolítico e antidepressivo porque as crises de pânico ficaram fortes. Não tinha, sempre fui uma pessoa ansiosa, mas lidar com isso é bem complicado porque é uma coisa que atormenta todos os dias”, disse ela, que faz terapia há quatro anos.

Luísa colocou o dedo na ferida, e relembrou o momento em que recebeu mensagens de ódio, após a morte do filho de seu ex-marido, Whindersson Nunes, e de Maria Lina, depois de um parto prematuro de 22 semanas. Nesse período, ela precisou se ausentar das redes sociais, e viajou para o México.

“Foi uma fuga, me fez muito bem, mas eu não estava lidando com a situação em si, estava fugindo. Precisei desse tempo, praticamente fui viver uma outra realidade, não queria voltar. Fiquei uns 15 dias no México, mas tive que retornar para trabalhar e cumprir contratos e tal, não tinha como adiar mais as coisas”, contou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos